Pinterest
Este texto anda circulando pelo Facebook e acho que já o li antes, uns meses atrás, mas de qualquer forma aqui vai a minha reflexão sobre o assunto novamente. Este assunto nunca sairá de “moda”, é um problema que os pais enfrentam atualmente.
O que uma criança de 4 anos deve saber?
E uma de 3?
2?
1?
10?
O que a sociedade acha que os nossos filhos tem que saber? 
O artigo sugere o que as crianças devem saber de verdade:

  • Deve saber seus direitos e que sua familia sempre a apoiará
  • Deve saber rir, se fazer de boba, usar sua imaginação
  • Deve saber que é fantástica, criativa, inteligente e maravilhosa (indo contra o que outro artigo famoso acabou de dizer uns meses atras)
  • Que nossos filhos precisam mais dos nossos pais
  • Que nossa criancas precisam da natureza, de livros, de brinquedos
Entre outros pontos bem legais e que concordo 100%
Pois é, nestas horas bate uma invejinha dos tempos das nossas mães, quando cada mãe cuidava da sua vida, dos seus filhos, sem a influência e a interferência da internet e da mídia social. Hoje é difícil ser mãe, acredito que mais do que antes, pois antigamente você só respondia a si mesma, não existia competição entre mães ou influências de terceiros, que fazem com que você se sinta menor se não agir como as outras mães estão agindo.
Hoje esperam que nossos filhos estejam desfraldados com 1 ano e meio.
Que durmam em cama, e não berço, com 1 ano.
Mamadeira não pode.

Chupeta Deus o livre

Que saibam seu alfabeto de cor aos 3.
Que com 4 já estejam aprendendo a escrever.
Poxa gente, a criança está cada vez menos criança.
É uma chatice, e se você não entra na onda é criticada ou se sente menos mãe.

É um tal de ensina isso, estinula aquilo, matricula acolá.

 
Bom, vou deixar que vocês leiam o texto, pois é lindo, vale a pena ler todinho, e embora eu concorde com absolutamente tudo o que está escrito ali, em todos os pontos abordados por aquela mãe, você não pode eliminar por completo as expectativas que são esperadas do seu filho. 
Mas por quê não?
Porque quando ele ingressar na escola, ele vai ser exposto sim a educadores que podem não concordar com a lista acima, aquela diz que criança só tem que brincar e não deve ser disciplinada, só amada,  vão dizer que precisam de disciplina sim Senhor e deveriam sim ter sido apresentadas ao alfabeto aos 3 anos de idade.Ou serão influenciadas por coleguinhas que foram criados seguindo a nova normal do “quanto antes melhor”.
É difícil, minha gente, é dificil.
As expectativas estão aí para nos desafiar, para nos estimular a encontrar alternativas para preservar a infãncia dos nossos filhos, mas sem deixar de lado os ensinamentos que são esperados da criança atual. O mundo mudou, assim como a sociedade, e as crianças tadinhas foram jogados no saco para terem seus parâmetros mexidos também.
Não acho certo, mas também sei que atualmente não é so de natureza e colo de mãe que vamos entregar nossos filhos nas mãos da escola.
Ótimo texto, serve de papel para nos dar mais perguntas que respostas, para nos fazer refletir sobre como devemos criar nossos filhos.

Leia na íntegra aqui.

5 Comments on Ótima reflexão

  1. Anonymous
    11/03/2014 at 2:31 pm (7 years ago)

    Adorei a reflexão.
    Muita pressão para um "serzinho" que mal acabou de chegar ao mundo.
    Li (não me lembro a fonte) que pesquisas foram feitas com crianças que aprenderam precocemente por incentivo (na verdade pressão) dos pais/"escolinhas especiais" e outras crianças que aprenderam a ler como nós (antigamente se aprendia na primeira série (6/7 anos), ou coisa do tipo) e analisaram que ao alcançarem uma certa idade o conhecimento de ambas atingem o mesmo grau e a que aprendeu a ler antes não é necessariamente "mais inteligente" ou "mais brilhante" do que a outra. Ou seja, qual o benefício de privar o seu filho de brincar, usar a imaginação para "empurrar alfabeto" goela a baixo?
    Bjs
    Mari

    Reply
  2. Atelie Um Fio
    11/03/2014 at 2:37 pm (7 years ago)

    Olá, venha participar da Troquinha Flores e Borboletas, entre no meu blog e se inscreva!!!!
    Bjs!

    Reply
  3. Anonymous
    11/03/2014 at 6:37 pm (7 years ago)

    "Deve saber que é fantástica, criativa, inteligente e maravilhosa (indo contra o que outro artigo famoso acabou de dizer uns meses atras)": vc pode indicar o artigo para que eu possa ler?

    Danielle

    Reply
  4. Rita
    11/03/2014 at 7:28 pm (7 years ago)

    Danielle

    Foram artigos publicados nos ultimos meses, exemplo do da Eliane Brum, meu filho nao merece nada, em que culpam os pais por elogiarem os filhos, hoje nao se deve mais elogiar, dizer que sao inteligente, o politicamente correto agora é dizer que "trabalham duro", enfim. Ao inves de estimular a auto estima da crianca nesta idade pequena, acham que um elogio vai causar danos futuros, o futuro adolescente e jovem nao tera base algum para se tornar um bom adulto se foi elogiado muito na infancia.

    Acho um absurdo este tipo de artigo.

    Parece o mesmo com :

    hoje cafe é ruim, amanha é bom
    Hoje chocolate faz bem para saude, amanha pode matar
    Vinho é bom, amanha ruim

    nao se chega a conclusao alguma

    foi a isso que me referi

    Rita

    Reply
  5. Anonymous
    14/03/2014 at 3:32 pm (7 years ago)

    Oi Rita, eu só perguntei pois gosto muito de ler esses tipos de artigo para chegar as minhas próprias conclusões.
    Gosto em particular desses que vão totalmente contra a minha opinião pois consigo refletir melhor e confirmar aquilo que acredito.

    Danielle

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *