Estamos vivendo um leve problema aqui em casa: Monstros!
Bella é super corajosa e não tem medo de nada, afora monstros. Bryan e Bella começaram com esta história de monstros ao subir as escadas para irem para o quarto. Vejam bem, a escada aqui de casa é meio assustadora mesmo, enormeeeeee, escuro lá em cima, e Bella sempre sobe e desce de bunda, pois é tão alta que morro de medo que o Butters empurre ela se ela descer de pé. Pois bem, lá vai dona Bellinha escada acima estilo “aranha”, de bundinha, e o Bryan :
“Olha o monstro, ui que medo, sobe rápido, blá blá blá.”
Os dois riam muito, Bella chamava a vovó e dizia “Olha o monstro” e todos achávamos super engraçado, até que um belo dia ela chorou na cama de medo do monstro. E por umas 2 semanas o monstro foi motivo de lágrimas na madrugada.
Muito obrigada Mr. Jones por incutir medo na menina que é mega corajosa. Aff estes pais falam e fazem cada coisa, vai entender!
Bella chorava ao deitar para dormir e acordava de madrugada chorando e a primeira coisa que dizia quando entrávamos no quarto era: “Tem um monstro no meu closet”
Ave, desespero total pois ela jamais acorda de madrugada chorando e como eu tenho insônia e problemas para voltar a dormir, e acordo as 5:30 da madrugada ainda por cima, fiquei preocupada que isso voltasse a amedrontá-la e tomei a rédea do problema nas minhas mãos!

Lá fui eu procurar literatura para medo de monstros, pois digo para vocês, há literatura para tudo hoje em dia, inclusive para medo de monstros.
Achei?
Ô se achei, 3 livros lindos, mas hoje vamos focar na fofura do Gruffalo!
 
Aqui no Canadá, no exterior para ser mais exata, existe uma infinidade de livrinhos infantis lindos, maravilhosos, histórias meigas e engraçadas, com rimas lindas que colam na nossa cabeça e até os adultos se pegam falando os poeminhas infantis. Não conheço a literatura infantil brasileira atual, portanto só posso falar do que conheço por aqui. Dentre tantos livros legais, existem alguns especiais, e o Gruffalo já entrou para esta lista.
A história é bem simples, as ilustrações são muito bonitas e o personagem em questão já é um sucesso mundial. Óbvio que eu não sabia deste sucesso todo até semana passada, quando mosntros passaram a fazer parte da minha vida. 
Era uma vez um ratinho que vivia na floresta e o pobre ratinho poderia ter se tornado comida de rapoza, de coruja e de cobra…..se não fosse sua astúcia de enganar os bichanos dizendo que ele não poderia acompanhá-los para suas tocas, pois tinha um encontro com um Gruffalo. 
Gruffalo?
O que é um Gruffalo?
Pois é!
O bacana deste livro é que você também pode comprar o Gruffalo de pelúcia, e o livro mostra os detalhes do corpo do monstrinho e a criança lê a história segurando seu Gruffalo e comparando o livro ao boneco. 
Tão legal!
Bella está amando o Gruffalo e quando ela mostra medo de monstro nós dizemos: “Tu queres dizer Gruffalo?” e ela logo ri e dispara: “Nooooo, Gruffalo is nice”
A febre é tanta que vejam quantos produtos fofos já existem com a cara do monstrinho.

Fonte: Pinterest Search Gruffalo

Mas o mais fantástico é isso:

Fonte

Morri e fui para o céu de Gruffalo!

Quê isso gente, se eu pudesse faria um quarto IGUAL para a Bella.
Só não faço pois o Gruffalo é um monstrinho inglês e seus produtos são vendidos na Inglaterra, o máximo que vi por aqui foi o livro e o boneco que dei para a Bella.

Para quem mora no exterior e tem acesso aos livrinhos do Gruffalo, ele é uma dica maravilhosa para meninos (e meninas tambem), visto que meninos amam monstrinhos e afins né?

O website é ótimo, super completo!

 E o mais legal de tudo, se isso ainda é possível, é que a história virou filme da BBC!

7 Comments on Para o caso de monstros

  1. Sandra Nogueira
    24/01/2013 at 4:29 am (8 years ago)

    Aff…aqui em casa são os barulhos e o escuro os temores da Helena, antes ela só se aconchegava e dizia "Medo!"…mas agora dispara o berreiro e não adianta argumentar "não precisa ter medo não tem nada lá" ou "este barulho não é nada" a bichinha tá sofrendo com o medo…vou seguir seu conselho e procurar estorinhas que falem de escuro e barulhos…como sempre com bons posts e conselhos, né Rita?

    bjin

    Reply
  2. Karina Rezende
    24/01/2013 at 4:46 am (8 years ago)

    Amiiiga, e o Monstros S.A. ela gosta???
    Porque eu acho o filme uma fofura e a Duda até hoje adora e tem as pelúcias do Mike e do Sulley 🙂
    E fala bem do monstro no closet…rs

    Reply
  3. rita
    24/01/2013 at 4:54 am (8 years ago)

    Sandra

    Ui pobrezinha, medo de escuro e barulhos é mais complicado, pois é algo mais abstrato do que monstros.

    Dedos cruzados para que tu aches estes livrinhos, eles ajudam muito. Na escolinha temos uns quantos para assuntos determinados, sao super uteis.

    Hoje em dia se acha:

    – Nunca fale com estranhos
    – Divorcio
    – Too much TV
    – Bullying

    Tem de tudo hoje em dia, como mae e professora sao uteis mesmo.

    Beijinhos

    Reply
  4. rita
    24/01/2013 at 4:55 am (8 years ago)

    Ka!!!!!

    Grande ideia!
    Na verdade Bella ja viu algumas vezes, mas faz uns meses, acho que esqueceu.

    Vou ver se boto ela para ver novamente, mas como ela diz

    CUTE IS NOT MONSTER

    hahaha

    E o monstrinho turqueza do Monstros INC eh fofo demais, assim como o Gruffalo

    Beijinhos

    Reply
  5. Carol P
    24/01/2013 at 10:28 am (8 years ago)

    O grufallo eh um sucesso entre as inglesas . E record de audiencia na tv. O teatro eh o que tem de mais lindo e as criancas sabem decor as falas. A C sabe os livros do grufallo decor. To a hpras para mencionar ele no blog, mas ando tao sem tempo e ao contrario d evc tenho muito sono hehehe

    Reply
  6. rita
    25/01/2013 at 3:11 am (8 years ago)

    Carol

    Pensei em ti quando escrevi, imaginei que tu e a Charlotte conhecessem.

    Beijinhos

    Reply
  7. Isabela
    25/01/2013 at 3:57 am (8 years ago)

    Rita,
    Tadinha da Bella. Mas ela é super inteligente e logo vai saber que eles não existem né…e esse grufallo é uma graça.
    Este video vi por aqui, não sei em que canal, mas em português mesmo. Uma graça…
    beijos

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *