Um daqueles episódios que me fazem pensar que se o Canadá não é perfeito, ele está quase lá.
Semana passada descobri que por causa do trabalho eu tinha que apresentar, ou seja, provar, que eu tinha as seguintes vacinas feitas:
  • Tétano
  • Difteria
  • Pólio
  • Rubéola
  • Sarampo
  • Caxumba
  • Mais 1 ou duas que esqueci o nome em português agora
Hello!!!
Como provar que eu tinha estas vacinas, se no Brasil não temos uma carteirinha de vacinação que nos acompanha desde a infância? 
Pois é, lá fui eu ligar para a clínica de vacinação de North Vancouver para descobrir o que fazer nesta situação, ou ao menos tentar descobrir se eu poderia fazer TODAS as vacinas ao mesmo tempo, visto que tenho pressa em apresentar o documento provando que eu tenho todas as vacinas em dia.
Liguei e a secretária me passou para a extensão da enfermeira especializada em vacinação de adultos. Deixei recado contando em detalhes o que eu precisava e pensei: “Quinta-feira a tardinha, duvido que esta enfermeira me ligue antes do dia 3 de janeiro, se é que vai ligar.”
Mordi a língua. O Canadá sempre me prova que ele é maravilhoso mesmo.
Estava almoçando com amigas quando recebi a ligação da enfermeira me dizendo que tinha não só recebido o meu recado como já tinha feito uma pequena pesquisa sobre a minha situação. Ela disse que é muito comum isso acontecer no Canadá, ser pedido prova de vacinação por um motivo ou outro e a pessoa não ter uma carteirinha contendo esta informação, visto que é imigrante. Ela contou que fez uma pesquisa em função da vacina da Pólio, e descobriu que no Canadá o governo não a tem como obrigatória para adultos, pois supõe-se que a pessoa a tenha tomado nas décadas de 70 e 80. No caso das demais eu poderia simplesmente ir a clínica e tomar as vacinas.
Super dedicada, atenciosa e informativa a moça. Perguntei se eles abriam na quarta feira que vem, que eu tinha muita pressa e ela sem pestanejar: “Não, venha aqui as 2 da tarde (ela me ligou 12:30) que eu mesma a atenderei e deixarei as vacinas prontas para quando você chegar, assim como toda a documentação que você precisa, inclusive o xerox da explicação para você explicar para o seu empregador sobre a vacina da Pólio).”
Chegando na clínica ela me atendeu em 30 segundos, conversamos sobre as vacinas que eu tomaria e ela sugeriu que eu também tomasse a vacina da gripe, que ela poderia rapidamente providenciar esta vacina para mim.
Perguntei como não quer nada se eu teria que pagar as vacinas e ela me olhou com uma cara de “Pagar? Como assim?”.
Saí da clínica com todas as vacinas tomadas, com tudo devidamente xerocado, documento prontinho e com a minha carteira no mesmo lugar em que ela estava….na bolsa fechada a zíper, ou seja, nem precisei pegar meu cartão de crédito.
De novo……se o Canadá não é perfeito, ele está quase lá.

3 Comments on Coisas de Canadá: Vacinas para adultos

  1. Renata Diniz
    07/01/2013 at 12:16 pm (8 years ago)

    Oi Rita! Que notícia boa. Como Brasileira, fico até triste pela situação de nosso Brasil. Beijos!

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *