Ser mãe de primeira viagem é dar importância primeiro as coisas fofas, e não se preocupar muito se as tais coisas funcionam, são úteis de verdade ou são perigosas de alguma maneira.
Eu fui esta mãe, fazer o quê?
Não sabia de certas coisas, mas quando soube, tratei de resolver o problema e aprender com ele.
No Brasil não se fala muito do perigo dos “Bumber Pads”, aqueles conjuntos fofos de berço, cheiooooos de almofadinhas e laços, que são perigosos para a criança sufocar e que, embora não comprovado 100% cientificamente, estão ligados a Síndrome da Morte Súbita Infantil. No exterior é só nisso que se fala quando se trata da decoração do bebê.
Pois bem, depois de gastar uma bela quantia em um conjunto que passei meses e meses escolhendo, quando Bella completou 4 meses, e chegamos em casa, arranquei com dó no coração o tal de conjunto e nunca mais o coloquei no berço.
Tchau-tchau dinheiro gasto para nada, mas tudo em nome da segurança da minha bebê!
Só que o berço ficou tãoooo clean, clean demais, e 3 anos depois descobri uma marca que cria lençóis decorados como se fossem os bumber pads fofos!
Olha, coisa de gênio.
Vejam que coisa mais linda a “decoração” do berço com esta linha!!
O lençol dá acabamento a lateral do berço, que se tivesse o bumber pad seria todo cheio de fru frus, mas como os fru frus não são seguros, recria-se a beleza com uma decoração lateral mega fofa!

Posso dizer com certeza que se engravidar novamente um dia, estocarei estes joguinhos de cama da Skip Hop.
Mamães de primeira e segunda viagem….vale muito a pena!
Vejam que há estilo para todos os gostos.

A linha é bem completa e você pode até se inspirar na roupinha de cama como ponto de início para a decoração do quartinho:

Você pode comprar o kit de 4 peças por U$ 120, com os seguintes itens:

  • Lençol decorado
  • Saia para a parte inferior do berço
  • Cobertinha
  • Adesivos de parede (amei esta opção)

Se um segundo bebê pintar um dia, este será o primeiro item do enxoval.

Compre aqui.

5 Comments on Nada de conjunto de berço…..skiphop!

  1. Cristiane Lima
    31/10/2012 at 2:41 pm (8 years ago)

    Olá!! Amei!! Coisa mais linda!! Que vontade de compra… mas o meu bebê já vai usar a caminha, buá…
    Amei o blog e já estou seguindo!
    Não deixe de me fazer uma visitinha Tb http://cphilene.wordpress.com/
    Curta nossa fan page e g+, bjs Cris

    Reply
  2. Cristina
    31/10/2012 at 6:21 pm (8 years ago)

    Olá! Gostei dos lençóis, mas discordo totalmente de você em relação ao perigo do kit berço.
    Meu bebê usou e todos, TODOS, T-O-D-O-S os bebês que conheço das minhas amigas e primas usaram.
    Eu não acredito que um bebê consiga se sufocar com um kit berço.
    Até perguntei para a pediatra e ela só faltou rir na minha cara, perguntando se eu tinha virado americana.
    Aqui no Brasil todo mundo usa kit berço e travesseiro e o índice de morte subita e sufocamento são baixíssimos, ela me disse. Logo, a causa não é esta.
    Para meu bebê aliás foi muito util, pois quando ele começou a se mexer e virar no berço ele batia a cabeça sem parar e as almofadinhas amorteciam isso, foi ótimo.
    Enfim, como você é brasileira é bom saber que aqui todos pensam diferente, até os pediatras.

    Reply
  3. rita
    01/11/2012 at 2:08 am (8 years ago)

    Oi Cristina

    Interessante, tenho amigas no Brasil que não usam exatamente por isso.

    Mas cada mae tem sua opiniao sobre isso, eu nao sabia do perigo, quando descobri eu tirei do berco. Aqui no Canade e Estados Unidos nao estao mais usando e nos EUA em muitos estados é proibida a venda do produto, por algum motivo deve ser, nao seria por nada.

    Beijocas

    Reply
    • Cristina
      05/11/2012 at 8:51 pm (8 years ago)

      Rita, me exaltei.

      Fiquei irritada com a pediatra, não com você.
      Meu bb ainda dorme com kit berço e não pretendo tirar, não tenho medo que ele morra por causa disso.

      Mas você está certa.
      Proibiram a venda do produto aí por precaução, é claro.

      A mesma coisa em relação à dipirona e outros hábitos que são diferentes de pais para país.

      Seu eu morasse aí talvez também não usaria.
      "Em Roma faça como os romanos!"

      abraços!

      Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *