Falei que ia tirar a Bella do berço quando completasse 3 anos mas mudei de idéia. Este assunto é polêmico e sempre gera aquelas caras de “credoooo, como assim? A criança já está enorme!”, mas vou explicar minhas razões:
  • Bella é bem pequenininha em tamanho
Semana passada a vovó Wera comprovou o que as fotos não fazem jus, a Bella é pequenininha. Ex-prematurinha, ela é bem mignonzinha para a idade, as pessoas seguido a confundem com criança de 2 aninhos, e ela cabe super bem no berço ainda, o berço é 2 x o tamanho dela.
  • Bella nunca tentou fugir do berço
Este ponto é determinante em você deixar ou não a criança mais um tempo no berco.
Até me espanto, visto que mega ativa como ela é, era de se esperar que tentasse fugir do berço com 6 meses de idade (hahaha), mas já completou 3 aninhos e NADA, nunca tentou escapulir.
  • Bella tem mãe que trabalha fora….Bella é obrigada a acordar às 6 da manhã
Quem é mãe e trabalha fora sabe, filho tem que dormir. Filho é obrigado a dormir, filho não pode se dar ao direito de dormir tarde.
É isso aí, para ser curta e objetiva.
Eu acordo as 5:30 da manhã e Bella acorda as 6 em ponto, não adianta chorar que quer ficar mais na cama, infelizmente ela tem que levantar e para levantar e aguentar o dia todo na escola, ela vai dormir às 7 da noite em ponto.
Posso contar nos dedos de 1 mão as vezes em que Bella se recusou a dormir nestes 3 anos de vida, ela jamais me deu trabalho com isso, é botar no berço que dorme, e se não dorme no mesmo segundo, fica conversando com ela mesma por 15 minutos até finalmente dormir.
Aqui em casa a rotina foi criada desde que ela era bebezinha e criança dorme às 7 e deu. Se ela está doente são outros quinhentos, mas estando saudável ela sabe que é janta, banho e sono.
Tenho vontade de dar uma cama de criança grande para a Bella?
Tenho.
Tenho medo que ela mude sua rotina de dormir e resolva se recusar a dormir?
Tenho.
E o que farei com esta informação?
Seguirei a deixando no berço mais um pouquinho garantindo assim que ela siga dormindo suas 11 horas por noite.
  • O feedback dos amigos-conhecidos comprova a minha tese
Só esta semana ouvi que 4 mães estavam arrasadas porque os filhos não querem mais dormir a noite. Uma dela chegou a chorar na frente das professoras, dizendo que se arrepende imensamente de ter tirado o berço e montado a cama de criança grande. Esta mãe diz que depois de ter desmontado o berço e comprado uma cama nova, a montado e tudo, se sente uma derrotada por montar o berço de novo, o que ela não o fará, mas disse que vontade é o que não falta.
O seu filho tem 2 aninhos e meio e dormia super bem, pois desde que passou para a cama há alguns meses se recusa a dormir antes das 10 horas ou até mais tarde. Escapa pelo lado da grade de proteção, pula por cima, faz um auê que deixa os pais arrasados todas as noites.
Outra mãe transformou o berço em caminha e uma semana depois remontou o berço, disse que não sabia onde estava com a cabeça quando tomou esta decisão.
Pois bem, todas estas mães são mães que trabalham fora e que não tem babá ou vovó que permitam deixar a criança em casa dormindo até mais tarde da manhã, são obrigadas a acordar os pequenos às 6 da manhã tendo eles dormido ou não a noite.
Eu realmente não faço a menor idéia de como a Bella agiria com uma cama “livre” para ir e vir, mas eu sei dentro do meu coração que ela resistiria a dormir no horário que deve, mesmo estando com sono, pois afinal de contas, os brinquedinhos e livros estarão ali ao alcance das mãos.
Conversei com o meu marido há algumas semanas e chegamos a conclusão que a caminha nova pode esperar OU que a caminha nova será comprada com dupla grade de proteção, que feche o acesso livre para pular fora da cama. Assim a cama poderia ficar aberta durante o dia, mas a noite a grade de proteção dupla (fechando as duas beiradas da cama) a previniriam de escapulir.
A pressão da “sociedade” (hahaha), porém, faz com que eu me sinta meio estranha com relação a esta decisão, visto que o “normal” hoje é tirar a criançada do berço logo com 1 ano e meio de idade. Eu não condeno esta decisão dos pais nem um pouco, principalmente nas casas em que a criança pode dormir até mais tarde se quiser, mas para famílias que começam a trabalhar tão cedo como a nossa, não existe a menor possibilidade da Bella ficar zanzando pelo quarto até altas horas.
Ela ainda é pequenininha e imatura para entender a razão pela qual ela precisa dormir e acordar cedo, não é o tipo de explicação que faz sentido para uma criança de 3 anos, e eu sabendo que ela dorme às 7 da noite por estar exausta, me sinto fortalecida para seguir com esta minha decisão. Outro ponto que reforça minha decisão mais ainda é ver o estado em que meus aluninhos chegam na escola, completamente esgotados por dormirem tão tarde, passam o dia cansados, emburrados e até agressivos por dormirem tão mal.
Daí me pergunto….vale a pena arriscar o soninho das crianças trocando o berço pela caminha só porquê outras famílias o fazem?
No meu caso estou indo contra a maré e dizendo sim ao berço por mais alguns meses.

11 Comments on Cama de menina grande? Ainda não!

  1. Anonymous
    03/09/2012 at 3:58 am (8 years ago)

    Ta certíssima, Rita. Melissa fez dois aninhos e enquanto nao me der motivos de sair do berço vai ficar nele ate caber, hahahaha.

    Reply
  2. Sandra Nogueira
    03/09/2012 at 4:43 am (8 years ago)

    Talvez a palavra certa seja TEMPO – cada criança, prematura ou não, maiorzinha ou menorzinha tem o seu e quem o conhece é a família…assim a "sociedade" que vá cantar em outra freguesia…é sempre a mamãe e o papai é que sabem onde mais dói o calo…e viva o berço, afinal o que ele tem de mais? Não é também uma cama mais segura? Se eu pudesse deixava a Helena no berço mais tempo, mas a mudamos para uma cama (de adulto mesmo e do lado da nossa) desde que precisamos "alcançá-la" mais rápido deviso aos engasgos…e não há coluna que aguente, né? Abaixa, levanta…abaixa, levanta…hehe

    bjinhos da Lelê (que dorme na cama…hehe…mas do lado do papai e da mamãe) para a Bellinha Lindinha

    Reply
  3. Drika
    03/09/2012 at 9:27 am (8 years ago)

    Rita, acho que cada criança e cada família tem o seu momento. Aqui em casa, minha filha foi para a caminha por volta dos 3 aninhos, mas ela não deu trabalho nenhum, e eu trabalhava fora e ela tinha que acordar cedo. Na verdade, ela estava louca pela caminha, compramos dessas camas pequenas, um pouquinho maior que um berço, foi sucesso! Ela está fazendo 5 anos e ainda dorme na caminha. Mas realmente outras crianças, às vezes, não se adaptam logo. Portanto, faça o que a deixa segura, se acha que a Bella realmente é pequena e está bem acomodada no berço, então pronto, porque mexer nisso se vocês estão bem? Uma coisa que pode ser feita, é transformar o berço numa meia cama, tirando um lado da grade, será que dá certo??? Tenho certeza que você encontrará a melhor solução. Fiquem com Deus e tenham uma ótima semana!

    Reply
  4. Dani Dani
    03/09/2012 at 2:18 pm (8 years ago)

    No meu caso não houve muita dificuldade. Eu decidi por tirar a grade de proteção do berço quando Gabriel tinha 1 ano e 5 meses, voltei atrás porque ele ainda estava imaturo e acabei tirando definitivamente com 1 ano e 7 meses. Virou tipo uma caminha, livre para ir e vir e isso me deu um alívio, sério.

    Aos dois aninhos ele ganhou uma bicama e foi aquela festa, o berço ainda permaneceu montado por um bom tempo sem a grade (no quarto que seria da irmã) e ele nunca mais quis voltar pra lá.

    A cama nova é uma farra e ele nunca deu trabalho para dormir, lembrando que o ritual dele é bem diferente do da Bella, nós deitamos ao lado dele, contamos historinha, mamadeira e soninho. Algumas vezes ele já não solicita mais companhia e nem mamadeira.

    Beijos.

    Reply
  5. Fernanda Fatio
    03/09/2012 at 5:09 pm (8 years ago)

    Acho que, no começo, é mais que natural que a criança fique eufórica. É uma mudança e tanto na vida da criança. Como nunca gostei do berço da Valentina, troquei pela mini-cama com 1 ano e meio e foi a melhor coisa que eu fiz. No começo, bloqueava o corredor para ela não ir pra sala caso acordasse, mas nem precisei muito. Ela acorda e vai pro nosso quarto de manhã. Eu passei a dormir melhor, pois o berço não estava mais lá, parei de precisar ir até o quarto dela caso ela chorasse (ela que vai até a gente).
    Não, ela nunca tentou fugir do berço ou algo assim. Eu peguei "birra" do berço e me dava aflição ver aquele monte de grade.

    Reply
  6. Myriam Scotti
    03/09/2012 at 7:56 pm (8 years ago)

    Rita, adorei saber que sua Bella ama o berço!! Achei que isso só acontecia lá em casa! Meu fico está para completar 2 anos e AMA o berço!! Dorme super bem, a noite toda e ainda cabe muito bem! Ele também é prematuro e é menor do que as outras crianças da idade dele. Fiquei meio sem saber se estava certo continuar com o berço porque minhas amigas já fizeram a evolução pra caminha…mas, eu não tenho qualquer razão para apressar esse processo…ele está muito bem lá, no berço lindo e gostoso dele. Pois então quero logo dizer que o berço FICA!! Hahahahahahahahahaha
    Beijos pra vc!

    Reply
  7. Carol P
    03/09/2012 at 10:56 pm (8 years ago)

    Rita
    Cada caso eh um cso. Eu trabalho minha filha acorda cedo todos os dias da semana, e ela dorme sem a grade do berco desde 1 ano e meio. Ela primeiro implico com o saco de dromir com 1 ano e depois com a grade mais tarde. Ela nunca tentou pular, mas ficava gritando quando acordava.
    Hoje em dia ela acorda e vem direto pro meu quarto, ou me chama da cama, nao perambula pelo quarto de noite nem na casa.
    O mesmo digo para a chupeta e fraldas, coisas q deixamos para tras com 2 anos e 2 anos e meio. Nao eh questao de seguir as regras determinadas, mas de a crianca e o pais estarem preparados. Pois nao adianta desfraldar uma crianca q nao esta preparada nem os pais que nao estao, pois nao funciona. O mesmo para o bico, tem pais que precisam da chupeta mais q os filhos hehehe Enfim tudo em seu tempo, mas tambem nao da para deixar o tempo chegar com 4 5 anos para certas coisas. Aqui em UK as escolas nao aceitam criancas com fraldas na reception, quando completam 4anos, e algumas ateh antes, caso tenham nursery. Crianca grande de chupeta eu acho o OOOOOO, tipo 3/4/5 de chupeta em playground. Enfim cada um sabe da sua vida e da dinamica da sua familia. Mas nao precisa ter medo e so analisar os casos q deram errada, vale olhar o q da certo tambem.
    x Carol
    http://www.motherlovedatabase.com

    Reply
  8. Isabela
    04/09/2012 at 3:59 am (8 years ago)

    Rita, semana passada Nina me deu um bailde 2 dias para dormir. Não sei o que houve. Mas em um desses dias, fiquei lá no quarto com ela e ela ficou debruçando no berço para ir no meu colo e eu dizendo que eu não iria pegá-la (eu estava sentada na poltrona bem ao lado).
    Até que ela deu impulso e foi…caiu no meu colo, mas levou um susto.
    Ela nunca tinha feito isso, pois mesmo quando acorda, só levanta mo berço quando vamos pegá-la.
    Mas na hora me veio este assunto na cabeça…será que chegou a hora ?
    Nina fará 2 aninhos, e não tenho pressa…mas assim que engravidar, será o limite…pois quero fazer a troca antes do bebê nascer.
    beijão

    Reply
  9. Ana Paula Daleffe
    04/09/2012 at 12:37 pm (8 years ago)

    A nossa menina ainda é pequena, 1,5 anos, mas acabamos passando ela para a mini caminha (existe: berço – mini cama – cama de solteiro)por motivos específicos.. E…. ELA SIMPLESMENTE AMOU. UM SUCESSO!! A mini cama é super segura, linda e o melhor: desde o dia em que montamos ela vai sozinha dormir em sua caminha… feliz da vida! E também, acho que isso é importante: estou amparada por dois profissionais bem experientes no assunto, o que me deixou bem tranquila para a decisão!!! Acredito que o termômetro para se saber se as coisas estão indo bem, é observar se a criança é tranquila, observar se dorme a noite toda, se está crescendo, engordando.. brincando.. enfim, se desenvolvendo!! Se tudo isso está indo bem, não há motivos para preocupação.. O importante é que em casa, depois da mini cama, as coisas estão indo beeemmm melhor, e a família dormindo em paz! Bjss..

    Reply
  10. Ana Dutra
    05/09/2012 at 12:06 am (8 years ago)

    Aqui em casa me arrependi, troquei o berço por mini-cama quando o Lucas tinha 2 anos e meio e até hj, com quatro, tem dificuldade pra dormir, adormece na minha cama e depois passo pra caminha, mas no meio da noite frequentemente retorna pro meu quarto. No berço era perfeito, deixava ele escutando uma música, sozinho e em seguida pegava no sono. Tento inúmeras vezes ficar c ele na caminha até pegar no sono, mas ele é muito resistente e eu que trabalho, acordo cedo… fico mt cansada de ficar esperando ele dormir, já chegou a demorar 1h e meia no quarto dele e eu ali, podre!!!
    Acho tua decisão correta no momento, ela não dormirá pra sempre no berço rsrsrsrsr!!! Mas enquanto puderes ter uma noite de descanso completa, aproveita!!

    Reply
  11. Pâmela
    05/09/2012 at 6:59 am (8 years ago)

    Rita acredito piamente que cada mãe consciente e atenta sabe reconhecer no seu filho a hora certa. Com certeza você saberá reconhecer isso na Bella e ela também saberá demonstrar que chegou a hora!

    Aqui em casa aconteceu o contrário. A cama livre, ajudou a Lara a se interessar por ela, e querer estar lá. Ela ainda não deita e dorme sozinha, precisa de companhia, mas acredito que a hora dela chegará, apesar de já termos tido alguns episódios de deitar na cama e em 10min dormir sozinha. Ainda não pegou, mas vai hahha, tudo ao seu tempo.

    bjos

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *