Fonte
Quem é mãe sabe, cada fase da criança tem as suas dificuldades, ops…cof, cof, desafios, e aqui no exterior usa-se a expressão terríveis dois para a fase dos pitis aos dois anos de idade, e os terríveis são facilmente usados para os 3, 4 ou 15 anos, dependendo do quao terrível seu filho se comporta em qualquer idade. Bella passou pelos terríveis dois com medalha de ouro, ou seja, teve todos os comportamentos típicos desta idade, absolutamente todos: chorar, se atirar no chao, gritar, dizer nao e por ai vai, mas agora que os terriveis mais terríveis de todos os tempos passaram, veio uma nova fase, que não deve ser confundida com ele, pois ela é mais branda e amigável.
A birra!
A birra inicia na fase em que a criança já tem um vocabulário bem amplo, sabe se comunicar e explicar o que gosta e não gosta, e principalmente, sabe expressar emoções. Bella é bem birrenta, mas se comparado aos terríveis dois, esta sua nova fase é resort 5 estrelas com direito a massagem para a mamãe aqui. É refresco! Uma criança birrenta joga com a emoção dos pais, pois sabe que se chorar há mais chances de conseguir o que quer, então ela faz aquele mix de mãnha com choro, tudo regado a lágrimas de crocodilo, pois se birra tivesse lágrimas não seria birra! A birra também vem junto da teimosia, que é um comportamento típico de crianças maiorzinhas, que já entendem o que os adultos pedem, mas optam por não fazer. Não se deve confundir a birra com um comportamento mais sério e reprovado aqui em casa, e lutamos com unhas e dentes para evitá-lo:
A má educação!
Já comentei aqui no Botõezinhos que as pessoas são extretamente educadas no Canadá, para nossos padrões brasileiros, a educação canadense até parece forçada e exagerada, mas eu confesso aqui,
A-D-O-R-O a educação “exagerada” dos lados de cá e entenda por quê. As crianças aqui são ensinadas desde bebezinhas, as boas maneiras vem junto com os primeiros passos, e o famosos please and thank you são uma das primeiras palavras aprendidas pelos canadensezinhos. Os pais e professores estimulam as crianças a serem muitíssimo bem educadas e  estas pessoinhas que mais parecem saídas de um filme britãnico, tamanha educação, não são exceção, são a regra. Na primeira vez que entrei na escola onde trabalho hoje e ouvi as crianças pedindo licença para sair da mesa quase cai para trás: “Teacher, can I be excused?” (Profe, posso ser dispensado da mesa?)”. 
Birra e má educação são duas coisas completamente diferentes na minha opinião. Bella é birrenta de vez em quando, mas Bella é muitíssimo bem educada:
  • Pede por favor quando quer alguma coisa (seja comida, brinquedos, colo, etc).
  • Agradece quando recebe o que pediu.
  • Pede com licença na escola para ser dispensada da mesa.
  • Pede com licença quando alguém está na sua frente e ela quer passar.
  • Fala “excuse me” quando quer interromper os adultos para falar.
Mas criança não aprende por osmose, não! Os adultos precisam incentivar as boas maneiras e principalmente dar o exemplo. Aqui em casa nós somos educados entre nós e com a Bella, para que ela aprenda que boa educação se inicia em casa.
A minha filha  até pode ser birrenta, mas de mal educada não tem nada!

2 Comments on “Os terríveis”, a birra e a má educação

  1. Ju Denzler
    20/08/2012 at 4:47 pm (8 years ago)

    Essa parte de ser mãe acho que a mais complicada…. Muito boas as explicações.

    Ótima semana..

    beiJUs

    Reply
  2. Ana Derland
    20/08/2012 at 10:47 pm (8 years ago)

    Rita, minha filha está com 1 ano e meio, e sempre quando agradeço alguém e ela está proxima de mim, ela balança a cabecinha como se dissesse obrigada também, acho de muito valor que ela aprenda a dizer obrigada, com licença e por favor desde cedo. Um criança educada hoje, será um adulto muito melhor amanhã. Obrigada por compartilhar esse post tão positivo.

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *