Lembram de um artigo que andou aparecendo na mídia há alguns meses sobre os malefícios de elogiar demais as crianças? Uma pena, acabei perdendo o link do texto e agora não poderei dividi-lo aqui com vocês, mas ele pipocou direto no Facebook e páginas de notícias da internet, portanto acredito que vocês se lembrem.
O artigo discorria sobre a maneira como crianças que eram elogiadas agiam em testes feitos para um estudo. Quando perguntadas que tipo de testes gostariam de fazer, as crianças menos elogiadas escolhiam o teste mais desafiador, quando que a criança elogiada escolhia o teste mais fácil, que não tirava-a da sua zona de conforto.
Conclusão do estudo: crianças devem ser elogiadas pelo seu esforço e não necessariamente por sua inteligência e personalidade.
Concordo, mas acredito que estejamos pensando demais, analizando demais uma coisa tão bacana e tão pouco usada atualmente como um elogio.
Me diga uma coisa, quando foi a última vez que você recebeu um elogio? E quando foi a última vez que você teve que digerir uma crítica? Aposto que o número de críticas é o dobro do número de elogios, senão ainda maior. Agora me pergunto, imaginem a fragilidade da auto estima de uma criança, que é disciplinada o tempo inteiro, e por errar mais que acertar, tem que engoliar sapo o dia todo? Eu concordo com a análise do estudo acima, em que o esforço tem que ser mais reconhecido do que a inteligência e personalidade, mas querem saber? A minha filha têm apenas 3 anos e ela nem sabe concretamente o que esforço-inteligência-personalidade significam, ela só entende e sente quando ela faz algo certo e é elogiada, portanto eu elogio a minha filha o tempo todo….e sem culpa.
Elogio tudo o que ela faz, principalmente quando ela faz algo de novo. Elogio o bom comportamento, elogio o pedido de desculpas dela depois que ela faz algo errado, elogio ela comer tão bem, os seus desenhos lindos e quando ela usa uma nova palavra.
O meu elogio favorito é: “Bella, como tu é querida?”
Pois de todas as suas qualidades esta é a minha favorita, ela é muito querida.
Se tanto elogio vai afetá-la negativamente no futuro não sei, só sei que não será por falta de elogio que a minha filha vai crescer cheia de auto-estima.

3 Comments on Elogie seu filho

  1. Ana Paula Daleffe
    19/07/2012 at 6:38 pm (8 years ago)

    Eu gosto de elogiar a minha pequena também! Em meio a tantos "Nãos" (não pega aqui… não pode ali..), considerando que foi a primeira palavra que ela aprendeu a falar, acho importante elogiá-la sempre que achar que deve ser. Sinto que ela gosta, e eu me sinto feliz!!

    Reply
  2. Gustavo Corrêa
    19/07/2012 at 7:58 pm (8 years ago)

    Concordo em parte contigo. Eu vi esta matéria e gostei do enfoque do estudo, na verdade era algo que já pensava. Claro que com crianças pequenas é possível relevar e também é claro que elogios são necessários, mas é importante ter o cuidado de não super valorizar coisas banais, assim como manter os pés no chão da criança, senão tudo vai parecer fácil, enquanto não é bem assim. É importante a criança ter humildade, encarar desafios, reconhecer suas limitações, etc.

    Reply
  3. Hilsa Camargo
    19/07/2012 at 11:11 pm (8 years ago)

    Eu tenho uma mocinha de 4 aninhos… sempre elogiei, elogios sinceros acho que só trazem bons frutos. Ahhh, e também falou muitas vezes por dia o quanto a amo e o quanto ela é importante para mim.

    Não entendo como carinho pode ser ruim 😛

    Obrigada pela matéria!!

    Beijos

    http://www.vidabonita.com.br

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *