Quando Bella nasceu pequenininha do jeito que era, sua alimentação foi através de sonda ou intravenal por meses a fio, somente depois de sua extensa cirurgia gastro e quando ela ela já tinha quase 3 meses de vida, ela pôde começar a aprender a mamar. Primeiro colocavam gotinhas de leite na chupeta, depois passou a tomar 5 ml (sim, acreditem) de leite na mamadeirinha e este número era elevado de acordo com a sua tolerância ao leite, depois ela começou a aprender a mamar no peito, o que não deu certo visto que ela nunca se acostumou com ele, e só depois de 4 meses, quando já estava em casa é que começou a usar mamadeira de verdade, até então usava uma especial para prematuros.
Eu sempre extrai leite desde que ela nasceu, portanto Bella sempre tomou leite materno nos primeiros meses de vida, e este leitinho ia diretamente para a mamadeira da mocinha. Eu extraía leite de 3 em 3 horas religiosamente e “amamentar” nunca foi um processo natural e fácil para mim, pois com Bella nascendo 15 semanas antes do previsto, meu corpo teve dificuldade em produzir leite. Não me contentando com o diagnóstico da falta de leite e com o apoio e pressão dos médicos da neonatal, consultei com uma especialista em amamentação que me medicou para que eu conseguisse produzir leite para a minha prematurinha, afinal, sendo ela tão prematura, não teria condições de tolerar um leite artificial naquele momento.
Medicada, de posse de uma Medela no hospital e em casa, eu consegui extrair leite para a Bella por longos 7 meses. 

Deus sabe o sacrifício que foi extrair leite de 3 em 3 horas nos momentos mais difíceis da vida da Bella, quando eu mais queria chorar o dia inteiro, que sofrimento que era, tanto físico quanto emocional, ter que ver a máquina extraindo meu leite quando meu bebê estava tão doente e sequer podia tomá-lo! Que provação.
Mas quem disse que vida de mãe é fácil?
Quem disse que existe limite para o que uma mãe não faz por seu bebê?
Toda esta introdução é para explicar a dificil tarefa de se encontrar a mamadeira ideal no mercado. Nem todas as mães conseguem amamentar, vejam eu mesma, eu “amamentei” com meu leite materno, mas não tendo a Bella aprendido a mamar no peito, a amamentação se deu através de uma mamadeira e eu sempre lutei buscando a melhor disponível no mercado.
Testei todas do mercado internacional e minhas favoritas sempre foram a Born Free (minha favorita na época de recém nascida, com mamadeira de vidro) e depois a Nuby, e a Bella sempre aprovou estas duas. Hoje, porém, já temos a BMW do mercado, a Calma da Medela.

Lembro de estar grávida e simplesmente pirar na loja infantil tentando decidir qual mamadeira comprar. Enquanto que antigamente se tinha uma, duas opções no mercado, hoje você mal consegue contar em 2 mãos, tamanha variedade. Primeiro você, mami de primeira viagem, se deixará levar pelo design, as mais lindas e fofas vem antes, depois você começa a ver que existe nível de velociodade com que o leite sai de cada bico da mamadeira e por fim você enfim decide entre suas cinco favoritas.
Ninguém merece!
Uma boa mamadeira hoje custa em torno de 25 dólares no mínimo, portanto você não quer escolher errado e acabar tendo que comprar outras.
A Medela, marca das melhores máquinas de extrair leite do mercado (existe termo próprio em português para estas engenhocas?), desenvolveu o que dizem os críticos ser a melhor mamadeira de todos os tempos.
A Calma foi desenvolvida imitando o método natural com que o bebê mama e a idéia da marca é de não alterar a rotina de amamentação da criança quando você eventualmente precisar alimentá-la por mamadeira (sabemos que às vezes é preciso por qualquer contratempo). Seu beb~e mamará no peito e eventualmente na mamadeira, sem afetar nenhuma das mamadas. A Calma permite que o bebê respire entre sucções sem se engasgar, ou seja, o fluxo de leite pára por completo quando o bebê pára de sugar para respirar. Acreditem, tendo uma prematurinha em casa com dificuldades em mamar, seja no peito ou mamadeira, eu sei bem a angústia que é ver seu bebê se engasgar enquanto tenta fazer uma coisa tão básica como respirar! Parece bobagem, mas a mamadeira errada causa muito desespero com um bebê novinho.
O bico da mamadeira vêm em apenas um tamanho, ou seja, coisa de gênio! 

Se você é mãe e já teve que comprar mamadeira sabe que existem 3 níveis de fluxo-velocidade com que o leite sai e a cada crescida da criança você terá que primeiro adivinhar se já é hora de comprar o nível seguinte, e segundo terá que morrer procurando na loja o pacotinho com o nível que você está procurando. A Medela fez o favor de facilitar isso e você só precisará de um bico durante a duração da amamentação do seu filho.
Se eu tiver um segundo bebê um dia, certamente irei de Calma, da Medela. A marca é de renome no exterior e esta mamadeira recebeu críticas unânimes quando foi lançada no mercado.
Fica a dica para mamães em busca de mamadeira para seu enxoval.
Á….antes que me apedrejem por mandar comprar mamadeira para o enxoval do bebê, eu aconselho sim que você compre ao menos UMA mamadeira para seu filho, pois você nunca sabe em que circunstâncias seu filhote nascerá e se ele será amamentado no peito ou com leite materno bombeado por você e dado na mamadeira, por isso se preparem mamães e incluam sim uma mamadeira ÓTIMA na sua lista de enxoval!
Assista ao vídeo explicativo da Calma, da Medela aqui.
Esta marca é vendida na maioria dos websites especializados em crianças no exterior.
Ops…achei um website brasileiro que vende a Calma!
Respire e calma! Ela custa 100 reais no Brasil (25 dólares no exterior), mas tendo ela apenas um bico e não precisando gastar com mais acessórios, eu aconselharia vocês a investirem nesta marca.
Comprei aqui.

2 Comments on Leite materno e a mamadeira ideal

  1. Renata Lima
    07/06/2012 at 11:18 pm (8 years ago)

    Rita,

    O nome aqui no Brasil é desmamadeira, a minha é da medela também. Tive dificuldades no início da amamentação por causa do bico do meu peito que era invertido, Júlia só conseguiu mamar bem mesmo com 1 semana de vida, hoje ela está com 6 meses e meio e continua mamando, no início a desmamadeira me ajudou muito, tirava e dava a ela no copinho porque ela não conseguia pegar o peito, indico demais essa marca também.

    Reply
  2. Anna
    25/03/2013 at 5:56 pm (8 years ago)

    Tenho uma filha, a Isabella, que nasceu com 26 semaninhas de vida… Ainda esta na UTI Neo, se alimentando por sonda, do meu proprio leite. Nao sei como sera quando ela vier para casa, se vai aceitar o peito ou nao… De qualquer forma, quero ter uma boa mamadeira aqui, como vc indicou no post. Eu comprei a Born Free que tem o menor fluxo… Voce acha que funciona para o inicio ou eh melhor comprar a Medela e deixar a born free para quando ela estiver maior????

    A born free comprei em site internacional que entrega no brasil, mas a medela nao achei nos sites q conheco…

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *