Vivemos um momento forte do empoderamento da mulher, e nada mais importante do que iniciarmos este empoderamento desde a infancia. Nao sou radical, nao condeno o uso do cor-de-rosa, de brincar de Barbie e de casinha e nada que envolva a feminilidade, bem pelo contrario, mas acredito que podemos sim incentivar as nossas meninas a explorarem mais, brincarem com coisas que exercitem suas mentes e as ajudem a pensar grande.

Venho percebendo aqui no Canada uma onda forte de incentivo do “STEAM LEARNING”:

S-T-E-A-M =

  • Science (aprendizado + observacao + experimentacao)
  • Technology (computadores + resolver problemas + inovacao)
  • Engineering (design + construcao)
  • Arts (criatividade + cultura + historia + literatura + musica)
  • Math (numeros + equacoes)

Ha uma serie de brinquedos, livros e cursos/aulas que exploram estes 5 pilares do STEAM:

É interessante observar que muitos destes brinquedos identificados hoje como incentivadores de STEAM, foram brinquedos que nós brincavamos décadas atras. Esta na hora de voltarmos a estes brinquedos mais “simples” e proporcionarmos estes estimulo para nossas criancas.

Que lembrança gostosa destes desenhos a esquerda da foto! Quem se lembra como era bom e terapeutico (kkk) criar estas formas geometricas coloridas?

O empoderamento das nossas meninas visa a igualdade de genero tanto na infancia quanto la na frente na vida adulta.

Cruzei com algumas estatisticas bastante preocupantes e que mostram como temos que mudar a educacao das nossas meninas bem cedo na infancia: (nao sei a fonte destas informacoes, mas vale a titulo de curiosidade e alerta)

  • Apenas 10% dos pais encorajam suas filhas a serem engenheiras
  • 66% de menionas na  serie dizem gostar de ciencias e matematica, mas apenas 18% de mulheres se formam em engenharia.
  • Mulheres ocupam 50% do mercado de trabalho, mas menos de 25% ocupam cargos em STEAM.
  • Meninas almejam ser engenheiras e cientistas 3 vezes MENOS que meninos.
  • Apenas 14% de adolescentes meninas desejam ser cientistas.

Interessante:

  • Se voce mostrar o que engenheiros fazem, 78% das meninas mostram interesse em serem engenheiras.
  • 80% dos novos trabalhos na proxima decada requerirao conhecimento em tecnologia.
  • O crescimento de empregos em STEAM esta crescendo 300% a mais do que outras areas da economia.

Super inspirador:

” Se voce ensinar uma menina a programar, ela ensinara mais 3 meninas.”

Eu acredito que chegou a hora da virada, o momento de vermos nossas meninas seguras de si e da sua capacidade e inteligencia. Chega de incentivarmos apenas brincadeiras que remetem a casa, a ser mae e a valorizar a moda e afins, as nossas meninas merecem tao mais do que isso.

E para fechar este post com uma reflexao em apenas 1 imagem:

É assim que a mulher se vê e ainda é vista na sociedade, está na hora de mudarmos isso de uma vez por todas, e isso só acontecera se comecarmos a empoderar as meninas atraves de brincadeiras, atraves de livros, atraves de aulas interessantes e atraves de conhecimento.

Compartilharei em outro post o que eu ando pesquisando para a minha filha, cruzei com uns recursos bem legais sobre isso, assim como aulas super interessante.

1 Comment on STEAM para meninas

  1. Marcos Abrahão
    17/01/2018 at 4:23 pm (10 months ago)

    Rita!

    todos os oks para teu post, temos uma pequena que hj tem 12, e temos estas questões na pauta na transmissão de valores em casa; como complementares à educação escolar, que somente cobre uma parte das necessidades.

    Somos de PoA tb e, estivemos em Vancouver no julho passado a fim de checar uma possível mudança.

    Como você temos uma empresa familiar aqui, uma livraria e editora, há 18 anos.

    Há cerca de três anos começamos a pesquisar BC e Vancouver, visitamos, achamos muito legal e, devemos voltar neste próximo julho. Por isso, gostaríamos de saber se, tens disposição para marcarmos um café contigo aí, apenas para tirarmos umas dúvidas sobre quem já abriu caminho antes de nós, tu sabes que as dúvidas são muitas e que não é um processo simples,

    Se achares que dá, nos retorna pelo e-mail abaixo, daí combinamos alguma coisa que não te tome tempo e seja proveitoso pra gente.

    agradeço a oportunidade de replicar teu bom conteúdo,

    att. Marcos

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *