Uma
das coisas mais incríveis de Vancouver, é a quantidade de atrações
naturais para se visitar o ano inteiro. Sendo uma cidade de mar e
montanha, com temperaturas amenas até mesmo no inverno, não podemos
reclamar da falta de passeios legais por aqui.
Um
passeio que adoramos aqui em casa é a Grouse Mountain. Esta montanha é
muito famosa com os estudantes que vem fazer intercâmbio, pois ela é
pertinho da cidade e ótima para esquiar e fazer snowboarding no inverno.
Nós aqui em casa fazemos este passeio o ano todo, não para esporte, mas
para caminhar, descansar, espairecer, comer, ver neve…

Arquivo pessoal
A
Grouse Mountain fica no bairro de Edgemont Village, uma ruazinha cheia
de charme em North Vancouver:  apenas casas, cafés, lojinhas de bairro,
livrarias….uma livraria famosa que se encontra ali é a Kids Books, de
livros infantis. A livraria é fantástica, se você for para a Grouse com
crianças, dê uma paradinha para conhecer, vale a pena. Dali você segue
montanha acima em linha reta e chega na entrada da Grouse.
O estacionamento custa $ 8 o dia inteiro e geralmente tem bastante espaço para estacionar.
Para você subir a montanha, precisará de uma entrada e ela funciona assim:

Em torno de $ 40 para subir a gôndola (adulto), e neste valor você tem acesso a:

  • Gôndola
  • Assistir aos documentários do cinema do Chalet
  • Nos meses de calor assistir os shows de LumberJack + Passaros + Ver os Ursos

Se
você for local, morar aqui, vale a pena pagar $ 135 por pessoa (adulto)
para o passe anual. O passe anual de crianças acima de 5 anos custa $
59

Arquivo pessoal


a gôndola já vale o passeio, a vista lá de cima é fantástica,
indescritivel. Lógico que se você for em um dia lindo de sol e céu azul a
vista será mil vezes mais linda, mas eu frequento a Grouse em todas as
estações do ano e todas as experiências são interessantes.
Arquivo pessoal

Vejam esta foto abaixo, tirada de dentro da gôndola.
Gente, pode isso?
A natureza de British Columbia é lindíssima.

Arquivo pessoal

Se
você é local, mora por aqui, eu aconselho muito você comprar o passe
anual. Eu e Bella frequentamos a Grouse o ano inteiro, é uma experiência
única para ela, ela sempre pede pra irmos, faz um bem danado para ela,
que pode correr a vontade.
O que fazer lá em cima?
Meses
de frio: É super gostoso se empacotar toda e subir a montanha para ver a
neve, almoçar no quentinho do restaurante com lareira e depois tomar
chocolate quente. No inverno também há o evento de Natal, onde você
poderá ver a Rena do Papai Noel (fofura)
Meses
de calor: Fazer caminhadas, ver os ursos, os demais shows, sentar lá
fora no gramado para tomar sorvete. Tem tiroleza para os mais
aventureiros, passeios de helicóptero ($$$), e o mais legal ao meu ver
para quem tem criança: deixar elas correrem bastante. A natureza lá em
cima é linda, a vista mais ainda, é uma benção ser criança em Vancouver.

Arquivo pessoal

Um
dos eventos de verão que eu mais amo é o show de pássaros predadores.
Eles voam em cima da gente, sob os cuidados dos cuidadores, e ver de
perto uma coruja enorme e uma águia é sempre inesquecível

Outro show a parte é o habitat dos queridos ursos Grizzly Grinder e Coola.

Arquivo pessoal
Os
dois irmãozinhos de coração, Grinder e Coola, foram resgatados em 2001
quando suas respectivas mães morreram, deixando os filhotinhos
abandonados. Pela primeira vez na história de British Columbia,
veterinários e membros da guarda florestal se juntaram para criar um
habitat para os ursinhos no topo da Grouse Mountain. O processo de
ambientação dos bichinhos serviu de aprendizado para todos, que visavam
no futuro poder criar habitats fechados e protegidos dentro da floresta,
para devagarinho reabilitar os animais a crescerem fortes e voltarem
para seu habitat natural. 
No
caso de Grinder e Coola, como eles haviam sido expostos aos humanos por
muito tempo, em função de todo este processo da criação do habitat, não
é possível realibiliá-los para a volta a floresta, mas este aprendizado
permitiu que British Columbia criasse 3 sistemas de habitats móveis
para a futura geração de ursinhos orfãos.

Fonte Google
Eu
já vi o documentário sobre a vida destes dois fofos umas 20 vezes com
certeza, por isso já me sinto íntima deles, uma tia praticamente 🙂
De
maio a outubro é possivel vê-los no topo da Grouse: caminhando pela
floresta, comendo frutinhas, tomando banho de lago e brigando-brincando.
E um passeio bem interessante que eu quero fazer ano que vem é o “café
da manhã com os ursos”. Você paga um valor X para um brunch para você e
poderá acompanhar os cuidadores darem café para Grinder e Coola. 
Outro
show que Bella ama e não cansa de ver é o LumberJack. Uma reprodução do
que seria a profissão dos lenhadores em séculos passados. É super
divertido, crianças e adultos gostam, é bem animado.

Fonte Google
Restaurante:
O restaurante The Observatory é lindo, tem uma vista privilegiada, e a
comida além de super gostosa é bem acessivel. Em torno de $ 18-25
dólares por um prato delicioso e bem servido. Se você quiser sentar na
janela para ver a paisagem, provavelmente terá que pedir para fazer
reserva ali na hora, e vale a pena esperar viu?
A
Grouse também tem lancherias com lanches como hamburguer, fritas,
pizza, além de poder comprar coisinhas mais saudáveis se assim quiser.

1 Comment on Vida no Canadá: Passeio para Locais e Turistas

  1. eliana
    05/10/2015 at 2:04 am (2 years ago)

    Você faz uma narrativa tão bem, que eu me transporte para a grouse. Que lugar maravilhoso!!! Bjs para VC e para Bella

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *