Um dos grandes aprendizados como mãe, e também como pessoa, é você saber pedir desculpas. Não é fácil reconhecer um erro, parar e se desculpar, mas é uma grande qualidade quando finalmente aprendido. Saber reconhecer suas faltas e se desculpar deve ser ensinado as crianças desde cedo.
Uma das maneiras mais eficazes de passar este conceito para as crianças é pelo exemplo. Uma dia destes eu e minha filha tivemos um desentendimento. Ela mexeu nas minhas coisas e perdeu um recibo que eu estava guardando para poder trocar uma compra que fiz. Não era a primeira vez que isso acontecia. Quando me dei conta fiquei muito chateada, chamei sua atenção e ela chorou. Eu fiquei muito aborrecida com o que ela fez, obviamente sem intenção, e principalmemente comigo mesma por perder a paciência e repreendê-la de maneira dura (com palavras, claro). Expliquei que não se mexe nos pertecences dos outros sem pedir permissão, que em coisas de adultos tem muito papel importante e se perdemos, gera um grande problema. Ela se desculpou e saimos de casa. Ela sempre se desculpa por sinal e você vê que ela se desculpa de coração. Quando chegamos no nosso destino eu estava muito, muito, muito chateada. Por ter expectativas sem cabimento com minha pequena menina. Por me permitir ser…. humana, ficar zangada e externar este sentimento com uma criança. O problema fui eu, não ela, ela estava fazendo seu papel de criança curiosa.
Coloquei-a no meu colo e pedi desculpas.
Expliquei para ela que a mamãe também comete erros e que eu não deveria ter ficado brava. Me desculpei várias vezes até ter certeza que ela tinha entendido que eu estava realmente triste comigo mesma.
Seus olhinhos encheram de lágrimas. A pureza de uma criança é incrível e nunca, nunca é tarde demais para nos desculparmos com quem a gente ama.
Ano passado fiz um workshop na minha área de educação infantil e de duas palestras, as duas dadas por psicólogas, apontavam como os pais ou professores tem que tomar uma decisão e tomar principalmente responsabilidade por ela. Diziam elas que não se deve titubear com as crianças, para elas não entenderem que tem poder sob as emoções do adulto e assim, fazer aqueles joguinhos emocionais que sabemos que elas fazem as vezes. Discordo 100%. Se a criança cresce observando e aprendendo pelo exemplo, que exemplo damos as nossas crianças quando cometemos um erro e não nos desculpamos? 
Você ter a humildade de ter plena responsabilidade sob seus atos e a consequencia que eles causam na vida do outro é um dos maiores aprendizados que podemos vivenciar na vida. Não existe orgulho que deva ser maior do que isso.
Mesmo com o perdão da minha filha e os mil beijos e abraços que trocamos, passei o dia inteiro triste e chateada por ter me permitido ser uma mãe ocupada-estressada-rabujenta-brava, tudo ao mesmo tempo. Ser mãe é errar todos os dias, mas errar tentando acertar, e se pudermos acertar mais vezes no final do dia, teremos cumprido nosso papel.

1 Comment on Mãe também erra….

  1. Marlene Casagrande
    22/04/2015 at 8:23 pm (2 years ago)

    Eu frequentemente, me vejo nessa situação, fico arrasada…mas vamos lá acertando e errando, educar é uma tarefa mto difícil…

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *