E as férias escolares de primavera já começaram! Este ano é o primeiro ano escolar da minha filha e estamos aprendendo a nos adaptar ao calendário escolar e com eles muitos, muitos dias de folga. Ela terá 2 semanas de férias agora em março e no final de junho, quando ao ano letivo acabar, iniciará as 8 semanas de férias de verão. Eu tenho um dia super flexível, posso levá-la e buscá-la na escola sem problema, mas em algum momento do dia eu preciso ir trabalhar e por isso preciso que ela frequente alguma colônia de férias ao menos meio turno.  Meu marido já faz piada com meus dias tão flexíveis, ele diz que como eu tenho meio turno “livre” (mentira, eu trabalho de casa), eu poderia então trabalhar meio periodo no Walmart, para receber desconto nas contas do mês! Pode?
Enfim, quero ver deixar o marido dirigindo para lá e para cá sendo motorista do filho e da escola para ver se ele terá coragem de dizer que eu tenho meio turno “livre”.
Bella começou na colônia de férias de arte  está amando. Achei a matricula salgada, mas ontem quando cheguei para buscá-la e a vi pintando uma tela toda entusiasmada, você vê que o investimento vale muito a pena. Eu poderia deixá-la em casa comigo, mas eu sei que ela não aproveitaria tanto quanto 3 horas de total imersão em uma atividade que ela gosta. Em casa sabemos que eles até brincam, mas daqui a pouco cansam e querem ver tlevisão ou Ipad, e eu faço qualquer coisa para evitar que ela veja televisão, pois sabemos que com ela vem a mânha, a irritação e o mau comportamento.
Agora já estou pensando nas colônias de férias de verão, estou aguardando o guia de programação dos centros comunitários para ver se eles tem alguma coisa de interessante. As colônias dos centros comunitários são muito mais baratas do que as escolas particulares, o problema que eu vejo e implico é que na maioria dos casos os “professores” não são professoras, são adolescentes que entitulam de líderes, e já tendo matriculado minha filha em alguns cursos nestes centros, ela não gostou das aulas, não chamaram a atenção dela, é uma coisa meio “solta” e cada criança correndo para todos os lados, enfim, esta é a minha opinião particular baseada na experiencia que tive, de repente dei azar, mas depois de tantos cursos pagos e não aproveitados, já fico com o pé atras, mas vou dar uma olhada no guia para decidir. Se não gostar de nada vou matriculá-la algumas semanas nas colônias de férias de arte novamente e nas outras semanas vou bolar uns passeios para nós duas fazermos pela manhã e a tarde vamos para a escolinha onde no verão temos brincadeira com água, banho de mangueira, piscininha, e atividades legais para as crianças fazerem no verão.
O tempo anda glorioso em Vancouver, a primavera chegou super cedo este ano e temos sido presenteados com dias lindissimos de céu azul e muito sol. Fresquinho, mas perfeito para começar a contar os dias para a primavera chegar de verdade. Em dias de tanto sol, é quase impossível se conformar em ficar em casa. Dá uma vontade de largar tudo e passar o dia no parque, mas temos que trabalhar né? Senão daqui a pouco meu marido vai me mandar trabalhar na escola e no Walmart hahahaha.
Com a volta das férias estou conseguindo colocar em dias meus seriados e filmes. Todo mundo pergunta como é que eu dou conta de tanto seriado + novela + ler o tanto de livros que eu leio, mas já explico, eu não vejo televisão aberta e nao fico de bobeira no sofá brincando com o controle remoto, quando eu sento no sofa eu vejo 2 episodios de seriado e pronto. Ajuda que minha filha dorme cedo, geralmente 8 da noite ela já está dormindo, então marido e eu temos tempo de botar nossos filmes e seriados em dia.
Aqui o que ando vendo e amando:
  • Seriado: Boardchurch
Estou sofrendo de depressão pós Broadchurch!
Tem apenas 2 temporadas, facinha de assistir.
Boa demais, de suspense policial, do jeito que eu gosto.
Será que tem no Netflix Brasil?

  • Filme: O Jogo da Imitação
Nossa, que baita filme!
O ator Benedict Cumberbatch é na minha opinião um dos melhores atores da geração dele. Desde que vi ele representando Julian Assange no cinema, ele só tem arrebentado em suas atuações.
Filme imperdivel!!

  • Livro: Pais brilhantes, Professores Fascinantes

 Gosto muito dos livros de educação infantil do Augusto Cury. Falam de forma didática como devemos abordar os desafios que nossos filhos impôe, de maneira que ele aprenda algo, ao invés de simplesmente se chatear com nossas broncas repetitivas e muitas vezes sem cabimento.
Comprei no Brasil agora quando estava de férias.Não acabei de ler ainda mas estou na metade e adorando. Se você é mãe, seja de criança pequena ou adolescente, se dê este presente, as vezes nós pais precisamos de uma mãozinha em como guiar os filhos de um jeito positivo e saudável.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *