Pinterest
Vocês viram o protesto do “mamaço” em São Paulo, em repúdio a proibição de uma mãe em amamentar seu filho em um museu da cidade? Vira e mexe este assunto volta aos jornais, hoje já virou até polêmica falar em amamentação, algo tão natural desde que o mundo é mundo. Me pego pensando por que amamentar virou polêmica, por que anda causando tanta briga.
Não cheguei a grandes conclusões e não acredito que seja mera implicância com as mães ou puritanismo, mas acredito que talvez o que anda incomodando alguns é a maneira como algumas mães amamentam. Existem maneiras e maneiras de você fazer absolutamente tudo em sua vida, e talvez seja neste ponto que tenha se criado uma certa implicância com a amamentação na rua. 
Cada país tem a sua cultura e o seu grau de tolerãncia para o que é aceito ou não, e hoje eu moro em outro país, então eu enxergo certos assuntos de fora, não com a lupa de quem mora no meio do olho do furacão. Dito isso, ainda comparo a maneira como as coisas acontecem por aqui. Não acho que as coisas aqui sejam melhores do que em qualquer outro lugar, são apenas diferentes. E é neste sentido que eu gostaria de trazer este assunto de novo a tona aqui no blog, pois já que virou polêmica novamente esta semana em SP, fico pensando “Será que será assim de agora em diante? Será que será esta briga e cara feia para sempre?”.
O Brasil é um país de contrapontos, usar fio dental na praia e exibir peitos avantajados em biquínis minusculos é aceitável, mas amamentar seu filho não, não faz sentido, porém, não vemos ninguém usando fio dental no shopping, nem biquini cortininha no museu. No dia que isso for aceito dái sim o mundo não tem mais solução…hahaha
Mas brincadeiras a parte, o que estou tentando dizer é que você mostrar seu corpo para terceiros é uma coisa muito pessoal, há quem seja mais desinibido, há quem seja mais tímido, e isso implica não somente como você se posiciona quando sai de casa, mas também nas pessoas que estão a sua volta. Nunca esqueço de uma vez que estávamos no shopping Iguatemi de Porto Alegre, Bryan em sua primeira viagem ao Brasil, e vocês sabem, praça de alimentação no Brasil no final de semana é aquilo, todo mundo grudado, você comendo com o cotovelo tocando o braço do vizinho. Tudo ia muito bem até a vizinha de cadeira do Bryan tirar o peitão BEM grande sem pudor algum, deixá-lo pendurado, para só então ajeitar o bebê para começar a mamar. Vocês tinham que ver a C-A-R-A do meu marido ao ver a cena. Choque, não estava acostumado, nunca tinha visto um peitão tão grande tão livre pendurado em pleno shopping, há 5 centimetros do seu prato de comida.
Expliquei que aquilo era normal no Brasil, mas salientei que a minha opinião é que do jeito que a coisa foi feita, foi bem desnecessária. Poxa, convenhamos né? Toda mulher tem seios, normal, mas as vezes você não tá a fim de ver a comissão de frente de terceiros sendo esfregada na sua cara. 
Pronto, falei.
Há mães, porém, que o fazem com sutileza, delicadeza, respeito ao ato que é amamentar. É um dos momentos mais lindos e íntimos entre mãe e filho…..mãe e filho, não mãe e toda a torcida da Flamengo. Observe a sua volta como a maioria das mães é delicada e discreta na hora de dar de mamar, e garanto que esta maioria não é barrada de amamentar em público, mas como tudo na vida, a minoria acaba estragando para o resto. 
Aqui no Canadá, talvez por ser um país com uma diversidade cultural tão grande, um mix tão grande de religiões, as mães podem amamentar onde quiserem, mas elas usam uma mantinha discreta na hora de dar de mamar. Não pense que é a burka da amamentação não, mas a mãe acolhe o bebê confortavelmente no colo, coloca sua mantinha no ombro, cobre o peito e pronto, pode amamentar no shopping sem problema, mesmo que há 5 centímetros do prato de comida do próximo. Há mães também, que não usam a mantinha, mas amamentam de maneira super discreta. Não causam olhares chatos, não causam desconforto de quem está ali na sua e de repente é obrigado a ver o seio alheio na sua cara.
Amamentação discreta: é possível (fonte Pinterest)
Eu N-Ã-O sou puritana em nada não, já vou anunciando antes que briguem comigo, mas eu vejo que há uma dose de desconfiômetro faltando em muita gente hoje em dia, esta cultura de achar que “eu faço o que eu quero e os outros vão ter que engolir”. O mundo mudou, as pessoas mudaram, para melhor em algumas coisas, para o pior em outras, e estas mudanças vão influenciando a maneira como a sociedade se porta em tudo….até para com a amamentação. Pode ser bobagem, é bobagem, mas as coisas mudam e as vezes o que antes era aceito sem problema hoje já requer uma adequação das partes.
Se você pode amamentar com delicadeza, discrição, tendo uma ótima experiência para você e seu bebê, sem a incomodação de terceiros te olhando com cara feia, por que não usar da discrição, por que tirar o mega seio grandão de uma mãe, cheiooooo de leite, deixá-lo pendurado ao ar livre, sabendo que causará desconforto em alguns? É isso o que eu não entendo.
Concordo com a opinião da “modelo” causadora do novo protesto em São Paulo, nem todas as mães amamentam hoje em dia, por que não encorajá-las a amamentar? Concordo 100%, mas acredito que bom senso e discrição são uma boa pedida sempre. Eu particularmente acho que a cultura do Carnaval, fio dental descarado e biquini cortinha são dispensáveis, sei lá, acho um pouquinho demais, tão vulgar, e o nosso país é sim conhecido por ser o país do fio dental, infelizmente, mas esta aceitação não deve ser parâmetro para o resto. Se o seio de fora causa desconforto a algumas pessoas, para quê provocar? Por que não o fazer de forma discreta? Ninguém está pedindo burka para o seio de uma mãe, apenas uma dose de discrição.
Garanto que isso, apenas isso, resolveria esta polêmica toda da amamentação em lugares públicos.
A blogueira Jo, do blog A Cup of Jo, americano, é uma defensora voraz do direito a se amamentar na rua, mas vejam como ela é discreta.

8 Comments on E a polêmica continua…

  1. Ana
    17/02/2014 at 12:46 pm (4 years ago)

    Só tem um detalhe, Rita: antes do "mamaço", o Museu já havia se desculpado, afirmando que foi um ato isolado. Então para que o mamaço? Pq brasileiro aprendeu a protestar por qqr coisa, e depois deixar o assunto morrer na praia… sinceramente, tendo em vista o pedido de desculpas do Museu, achei completamente desnecessário o "mamaço".

    Reply
  2. Alyne Afonso
    17/02/2014 at 1:59 pm (4 years ago)

    Muito bem colocado, Rita, vc poderia se advogada hahaha…
    Respeito e bom senso nunca são demais (e todo mundo gosta)!!!

    Reply
  3. Mamãe Nádia
    17/02/2014 at 2:14 pm (4 years ago)

    Que bom ver alguém expondo sua opinião assim, tão abertamente, sem medo das críticas sobre esse assunto tão polêmico. Eu concordo em gênero, número e grau em tudo o que você colocou aqui! Amamentei meus filhos até quase os 2 anos de idade, e dava de mamar em qualquer lugar, quando a fome deles mandava, mas sempre fui muito discreta, pois sou tímida e nunca gostei da idéia de ficar mostrando meu peito por aí. Sempre usei um paninho por cima, pra tapar o seio, os escondia com a blusa mesmo, como nas fotos aí. Com certeza é possível amamentar em qualquer lugar, sem precisar causar desconforto nas outras pessoas.
    Amei seu texto e toda a sua opinião, muito bem explicada.

    Reply
  4. Mãe da Loly
    17/02/2014 at 8:02 pm (4 years ago)

    Concordo completamente com vc Rita!!!
    Tb sou super a favor que vc possa amamentar em qualquer lugar!! Eu confesso que quase não amamentei em público pq geralmente estava em casa nas horas das mamadas, mas acho que tem que ser mesmo da forma mais discreta possível!!
    E sinceramente, acho que sempre foi assim, mas agora pq "tá na moda" amamentar, algumas pessoas acham que tem mais é que colocar o "peitão" pra fora sem se preocupar com qm está por perto… acho absolutamente desnecessário tb!!
    E acho que tem um pouco disso que a Ana disse no comment acima tb, agora tb "tá na moda protestar" então td é motivo!! Acho sim que temos que lutar pelos nossos direitos, mas daí a criar caso por qqr coisa já é demais né?!
    Enfim, apoio e vou sempre apoiar a amamentação, mas não precisa sair com as mamas de fora por aí!! rsrs
    Beijos,
    Dani
    http://www.maedaloly.blogspot.com.br

    Reply
  5. Gustavo Corrêa
    17/02/2014 at 8:18 pm (4 years ago)

    Concordo contigo. Já tive essa conversa com minha esposa e acho que é possível ter discrição na hora de amamentar, sem precisar ser 80 ou 8. Não é questão de não poder amamentar em local público, muito pelo contrário, mas também não precisa ser tão exposto. Na verdade, acho que até em casa, quando tem outras pessoas no local, pode ser feito com discrição.

    Reply
  6. mundodepalavras
    17/02/2014 at 9:33 pm (4 years ago)

    Oi Rita, isso é mesmo mto louco! O Brasil é o país das discrepâncias! Mas assim, concordo contigo qdo diz que há formas e formas de amamentar. Tbém não sou puritana, mas confesso que, dependendo do lugar, fico constrangida quando vejo uma mãe com o peitão pra fora amamentando, sem a menor cerimônia. rsrs Eu sempre procurei um lugarzinho mais reservado, quando possível, lógico! Mas amamentar é um ato de amor e não deve jamais ser proibido, coibido, enfim… Só que é possível amamentar em público com descrição e nada que um paninho, uma fraldinha, não resolva né? bjs Camila Vaz

    Reply
  7. Alicinha
    17/02/2014 at 10:10 pm (4 years ago)

    Rita, vc tirou as palavras da minha boca! Parabéns pelo post! Amamentação é um gesto lindo e supernatural, mas discrição é fundamental. É uma coisa muito íntima, não precisa ser compartilhada com os que estão à volta.

    Reply
  8. Telma
    18/02/2014 at 7:45 am (4 years ago)

    Oi Rita, concordo com tudo o que disseste, óptimo post! Temos sim o direito de amamentar o nosso filho em qualquer lugar, mas não temos o direito de nos expor e deixar as pessoas à nossa volta constrangidas, apenas porque queremos exercer o nosso direito. Eu sou bastante tímida e não gosto mesmo de mostrar partes do meu corpo, incluindo os seios, à qualquer pessoa e por isso, sempre fui muito discreta ao amamentar, não queria nem constrangir os outros e nem me constrangir. Um óptimo dia para vocês. Beijinhos

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *