Eu sou uma mãe legal, não sou neurótica, minha filha pode ver televisão de vez em quando, pode comer batatinha frita, me sinto uma mãe até bem liberal para algumas coisas, mas vou dizer uma coisa para vocês, a Barbie está banida, proibida nesta casa!
Ué? Você pode se perguntar: antigamente você mesma brincava de Barbie, sua hipócrita!
Verdade, mas na minha época a Barbie não falava, eu falava por ela, eu criava seus diálogos, ela fazia o que eu fazia, já hoje não, a Barbie está na televisão falando e ensinando as maiores barbaridades para nossas meninas.
Deus me livre!
Não assistimos tv aberta em casa, temos Globo Internacional através do satélite PVR, ou seja, eu assisto o programa que quero, quando quero, sem propaganda. E só vejo novela a noite quando minha filha já foi dormir. Meu marido não vê televisão com assiduidade, somente seriados que sentamos para ver depois que ela dormiu (previamente gravados e sem propaganda), ou seja, nossa filha jamais foi influenciada pela televisão.
Temos Netflix, onde ela assistia desenhos infantis – sem comercial. Eu achei ingenuamente que ela estava protegida, mas obviamente me enganei.
Ontem percebi que ela viu o desenho da Barbie. 
Uma vez.
Duas vezes.
Ok, pensei.
Até que ela sai correndo e grita “Mami, olha o closet da Barbie hahahaha”, com uma risadinha num tom que não gostei. Depois me soltou esta: “Mami, quero um aspirador de pó rosa como o da Barbie”
Pra quê?
Fiquei irada, roxa de ódio.
Sai furiosa atrás do marido para saber se dava para  bloquear a maldita Barbie do Netflix.
Enquanto isso deixei ela terminar o programa da Barbie para evitar choradeira sem motivo. Até o minuto em que o ridículo do Ken soltou esta pérola: “Wow, Barbie com duas amigas, e eu sou o único rapaz”
Mas váááááá!
Ensinando que homem pode ser cachorro desde a tenra idade.
Nunca!
Me indignei!
Marido disse que não dava para bloquear a maldita, mas eu não me fiz de rogada e lá fui eu para meu professor “Youtube” e achei um vídeo de outra mãe ensinando a bloquear certos desenhos do Netflix. Perdi, ou melhor, investi 30 minutos do meu dia mudando um a um as dezenas de configurações do Netflix para o perfil da minha filha no Netflix Kids. Acertei a idade certa, bloqueei certas coisas, dei nota a desenho por desenho, com 1 estrelinha para os não desejados até 5 para os que gostaria que ela assistisse. Tudo em nome da inocência do meu anjo, que não precisa aprender besteira aos 4 anos de idade.
Pronto, tchau tchau Barbie!
Até nunca mais….ou ao menos….até daqui uns anos.
Sei que não poderei proteger minha filha para sempre e que ela é influenciada por outras fontes que eu até posso não me dar conta ainda, mas também sei que para boba eu não sirvo, e quando percebo que algo está errado, não permitirei que ela seja exposta a consumismo, forma distorcida de auto estima e machismo aos 4 anos de idade.
Minha filha é uma menina moleque, que só brinca de lego e carrinho, que jamais brincou de boneca, que não brinca de Barbie, nunca brincou, e que até agora tem sua infãncia ingênua intacta, e seguirá assim se eu puder evitar.
Abaixo a cultura do consumismo infantil e a certos comportamentos adultos em programas infantis.
Pouca vergonha o Ken ser exposto assim, deveria ser um exemplo de bom rapaz, que estuda e que não faz cara safada para a Barbie e suas amigas.
Graças a Deus peguei o problema da Barbie no início, e pude resolvê-lo….aconselho a vocês mães e pais a prestarem atenção nos diálogos dos desenhos que seus filhos vêem, pois até então eu nunca tinha prestado atenção ou ligado a minha antena da maldade ainda. 
Bom ficar de olho!

17 Comments on Banindo a Barbie

  1. Juliana Leal Valera
    21/01/2014 at 12:19 pm (3 years ago)

    Você tem toda a razão, Rita!!
    Muitos pais simplesmente ligam a tv para os filhos e acham ótimo que os pequenos passem o dia assistindo, sem dar trabalho nenhum. Depois ficam se perguntando "onde meu filho aprendeu a falar isso? como ele sabe que no Burger king tem batata frita? como ele sabe que estão dando Hello Kitty no Mc lanche (in)feliz?" A tv é uma verdadeira armadilha! Que bom que vc achou como bloquear desenhos que você não aprova!
    Eu tinha minhas bonecas, mas brincava mesmo era de bola e carinho!
    Beijos

    Reply
    • rita
      22/01/2014 at 6:25 pm (3 years ago)

      Ju,

      Eu tinha Barbies e amavaaaa, brinquei ate bem tarde, meus 11, 12 anos eu acho.
      Mas na epoca nao tinha desenho, a gente imaginava os papos das bonecas, era muito mais inocente, hoje nao eh mais assim. Uma pena.

      Beijinhos

      Reply
  2. Paulinha
    21/01/2014 at 3:42 pm (3 years ago)

    Barbie tem desenho?! E desse nível?! Putz!!!

    Eu nuca gostei de brincar de Barbie, fui ganhar uma qdo já tinha uns 10 anos… não achei a menor graça… talvez por pura implicância com minha prima q tinha váááárias, ou por influência do meu irmão, eu gostava mais de carrinho, bonequinhos, bola… hehehe…

    Piadinha a propósito para descontrair:
    Um pai foi na loja de brinquedos comprar uma Barbie para sua pequena… a vendedora gentilmente começou a mostrar todos os modelos… a enfermeira, por R$25, a princesa por R$25, a ginasta por R$25… e a Barbie divorciada por $250. O pai espantado pergunta: "mas porque a divorciada é tão cara?" e a atendente: "porque ela vem com a casa do Ken, o carro do Ken, o iate do Ken…….."

    É velha, mas é engraçadinha…

    =)

    Reply
    • rita
      22/01/2014 at 6:27 pm (3 years ago)

      hahahahaahha…..ja tinha ouvido Paulinha, quanta verdade, eu tambem quero a Barbie divorciada!!!!!
      Nao sou boba!

      Fico feliz que Bella seja como tu fostes, ela tem uma colecao enorme de carrinhos, so brinca com ele, de bola, de lego, de balao….na verdade ela CRUZOU com o desenho da Barbie por "engano" no netflix, dai assistiu e foi ai que percebi, ela nao tem interesse algum e eu nao dei discurso, mas quando vi que o dialogo nao era legal, bloqueei a maldita e ela aagora voltou a assistir Dora a Exploradora sem problema,.

      Beijinhos

      Reply
    • rita
      22/01/2014 at 6:28 pm (3 years ago)

      obrigada Sandra querida!
      Acho que as vezes a gente nao se da conta, tenho certeza que se toda mae tivesse ouvido o papo terrivel da Barbie que eu ouvi teriam feito o mesmo.

      Beijinhos

      Reply
  3. Lu Navarro
    21/01/2014 at 7:43 pm (3 years ago)

    Olha, eu brinquei mto de barbie na minha infancia, asistia Xuxa to-dos-os.-di-as!!! mas se eu posso banir isso da vida da minha filha o farei!!!
    barbie ela ganhou de presente e eu as guardo pq como eu faço crochet, tenho como projecto fazer varias roupinhas pra elas, ja q minha filha gosta de trocar roupas uma e mil vezes das bonecas…
    mas ela nao gosta de asistir TV, nao asiste mesmo. eu ligo a TV e ela nao dà bola.
    E gosta de brincar com bonecos, de escrever, com agua, agora neste calor eu aproveito e deixo brincar com agua sempre q ela quizer.
    minha irma apresentou a ela massina colorida. eu ja tinha pensado comprar mas depois esqueci. ela gostou, irei comprar mais quando puder ou fazer caseira q vi pap em algum lugar q nao lembro.
    minha filha vai fazer dois anos e meio, mas tbm tudo q eu puder banir de sua vida para q ela tenha ima infancia feliz e longe de consumismo, farei.
    bjus e amei seu blog , leio a algum tempo ja.
    docelardaluly.blogspot.com

    Reply
    • rita
      22/01/2014 at 6:30 pm (3 years ago)

      Lu,

      Ai que delicia, eu tambem tinha mil roupinhas da Barbie que a minha tia fez, tao gostoso mudar de roupinha, adoroooooo ate hoje…haha. Tambem via Xuxa, turma da pesada e tudo aquilo,mas mesmo naquela epoca os dialogos nao eram como hoje, papo de adolescente saindo da boca da Barbie, me poupe.

      Tambem concordo contigo, se podemos banir por hora e tardar esta influencia ruim por que nao?
      beijinhos

      Reply
  4. Fernanda Fatio
    21/01/2014 at 8:27 pm (3 years ago)

    Todas as Barbies da Valentina foram ganhadas. Não gosto mesmo, mas pelo menos o desenho ainda não chegou nela. Mas mais medo ainda eu tenho é de Youtube. Você começa com um desenho legal e, quando vai ver, está numa coisa completamente nada a ver, já que Youtube é terra de ninguém. Outro dia alertei uma amiga disso, pois o filho de 4 anos adora Youtube. Se não ficar em cima, é capaz dele ver coisa que não deve.

    Reply
    • rita
      22/01/2014 at 6:31 pm (3 years ago)

      Oi Fer

      Este foi outro que cortei o mal pela raiz , deletei o app do youtube do Ipad, ela simplesmente nao tem acesso.

      Uma vez ela viu um desenho da hello kitty e no final apareceu um video da boneca hello kittty, quando comecou o video acho que era um pedofilo, sei la, um homem falando com a hello kitty com uma parede branca no fundo, muitooooo sinistro.

      Nunca mais, deletei o app do youtube na hora

      Beijinhos

      Reply
  5. ♥ Nanda ♥
    22/01/2014 at 2:56 am (3 years ago)

    já não sou fã da Barbie a muito
    tempo tentei tirar da vida da minha filha
    mais foi em vão
    reparei que quanto mais falava
    mais ela queria larguei de mão ""
    e tá melhorando bastante
    linda noite
    Nanda
    beijokas
    Sendo a mãe da Isa e da Gabi
    Google+Nanda

    Reply
    • rita
      22/01/2014 at 6:32 pm (3 years ago)

      Oi nanda,

      Sabe que Bellinha nao gosta da Barvie e so viu o desenho por "engano", pois apareceu no netflix, eu nem falei nada, ela viu 1 desenho de 5 minutos….viu o segundo, mas no final do segundo ouvi o papo aquele e bloqueei tudo.

      Concordo contigo, nao devemos ficar martelando no assunto, se ignorar e tentar tirar de circulacao, da muito mais efeito

      beijinhos

      Reply
  6. Marlene Casagrande
    22/01/2014 at 5:56 pm (3 years ago)

    Quando a Júlia ganhou sua 1ª boneca Barbie, na festa de 2 anos, eu me assustei, pensei "Mas já uma Barbie?" e simplesmente escondi a boneca. Um dia, meses depois ela achou e ficou encantada, não tive como evitar a paixão pela boneca (era a Barbie do filme Rapunzel, lindo por sinal).
    Por mais que não goste, tente adiar, um dia quando a gente vê tem lá uma prateleira cheia delas!
    E junto vieram os DVD´s, mas confesso que não vejo maldade nos filmes não, pelo menos não nesses de fadas, princesas e sereias. Já a Barbie normal, adulta, mocinha que namora o Ken e tem as amigas confidentes, essa a Juju não curte, então não sei muita coisa a respeito.
    Agora, no auge dos seus 7 anos a febre é Monster High, que são mais descoladas e tem muita personalidade. A Barbie e seu mundo rosa ficou pra trás naturalmente, sem neuras. É tudo fase e fases mudam, não se preocupe! Bjossss

    Reply
    • rita
      22/01/2014 at 6:40 pm (3 years ago)

      Marlene, Bella tb ganhou 1 ainda bebe, mas nao teve interesse. Brincava de outras coisas.

      Olha, vamos combinar, se alguem der a Barbie Rapunzel para a Bella quem brincara sou eu, AMOOOOO as princesas.

      mas a minha opiniao forte nao eh contra a boneca, mas sim o desenho com cunho adolescente para crianca pequena. A boneca todas nos tivemos, as criancas tem hoje, a boneca nao eh o problema e sim a televisao e as besteiras que ela ensina para nossos filhos ne?

      Beijinhos

      Reply
  7. Carol Sena
    24/01/2014 at 11:54 am (3 years ago)

    Adorei o post! Eu nunca gostei da Barbie quando criança… odiava…
    Quando tiver uma filha quero que ela seja igual a mim e tbm não goste disso rsrsrsrsrs bjusss NO BARBIE

    Reply
  8. Juliana Rossi
    23/03/2014 at 8:28 pm (3 years ago)

    Como vc conseguiu bloquear? Pode passar o link?
    Obrigada.

    Reply
  9. thaty
    01/02/2015 at 11:21 pm (2 years ago)

    Oi adorei o seu post, eu achei que fosse a unica que não gostava que a filha assista Barbie, como você conseguiu? me manda o link por favor, estou procurando no youtube e não encontro.
    obrigada

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *