Um dos meus lemas para este ano será : “Menos é mais.”

Em tudo!

Já comecei a fazer uma faxina a fundo aqui em casa, tirando tudo dos armários e gavetas, ver o que preciso, o que não preciso será doado ou jogado fora, dependendo do que for, e só entrará aqui em casa o que realmente for necessário.

  • Roupas
Eu sou muito básica e não sigo moda, então neste quesito tenho isso a meu favor, pois o que eu visto geralmente combina com tudo e não requer mil acessórios para poder usar. Eu também sofro de pena de doar roupas boas, mas estou trabalhando nisso. No passado eu seguia mais moda e acabei acumulando algumas peças lindas, de ótima qualidade, mas que acabava não usando nunca, então este ano decidi que se não uso, posso doar para alguém e abrir espaço no meu closet.
De uns 2 anos para cá eu defini as cores que eu mais gosto – cinza, tons neutros como beige e branco, vermelho e azul/esverdeado nos acessórios – e tudo está combinando com tudo, o que facilita na hora de entrar no closet e escolher uma roupa de manhã. 
Este ano tive que dar um “up” no meu closet pois antes eu era professora, usava moleton e calça de ginástica para trabalhar, visto que quem é profe sabe, passamos o dia inteiro sentadas no chão brincando, não é confortável usar nada muito arrumado, mas a realidade hoje é que preciso me apresentar melhor, tenho reuniões seguidamente, acabou a farra de moleton e calça de yoga. Este ano investi em peças novas e agora que já estou com um closet legal, acho que não precisarei comprar nada por um bom tempo, eu não sou de enjoar de roupas e aqui no Canadá não se dá muita bola para moda e estas coisas (em geral).

  • Comida
A parte mais desafiadora para mim. É a minha luta de dona de casa, eu quero muitooooo aprender a usar TUDO o que eu compro, não jogar nada fora, mas é uma coisa que fica a desejar, infelizmente. Então esta meta é muito importante para mim. Quero comprar apenas o que usaremos naquela semana, NADA MAIS. Nem coisas em promoção como 10 latinhas de atum por 3 dólares…hahaha. Pois o tal de atum ficará entulhado na dispensa por meses.

  • Produtos de beleza
Perguntem para a minha mãe e meu marido, eu devo sofrer da Síndrome do Não Consigo Usar o Frasco Até o Fim. Aff que terror. Acabo tendo dezenas de produtos de uma vez só, o que não é necessário. Maquiagem sim, eu sou bem prática: 1 batom, 1 rímel, 1 base, 1 sombra e deu. Minha necessaire é o máximo, muito organizada e limpa, mas cosméticos como hidratantes, tônicos, etc, eu sofro mais.

 Meta importante: comprar 1 de cada apenas, usar até o final e só então repor.

  • Brinquedos
Até que não somos tão ruins assim neste quesito aqui em casa. Tu entra aqui em casa e a casa está impecável, não tem brinquedos espalhados pelo chão e cantos, o que Bellinha tem está guardado bem organizado em cestas. Ela tem poucos brinquedos se comparada a outras crianças, mas eu vejo que ela brinca super bem com o que ela tem, ela não precisa de mais NADA.
Quero pensar a fundo antes de comprar algo para ela, pois nem todos os brinquedos que damos aos nossos filhos podem ser aproveitado em uma escolhinha, então se ela deixa de usar eu tenho que doar ou jogar fora, o que é um pecado.

  • Roupinhas para a minha filha
Tudo o que não tenho de consumista para mim, tenho para ela em termos de roupinhas fofas. É uma desgraça, o Canada tem lojas fantásticas para crianças, com preços dados ( 5, 10 dólares), então a tentação é grande, mas eu tenho procurado não comprar muito. Em época de Natal ou aniversário ela ganha roupinha especial para bater fotos, mas no geral calças leggings e camisetinhas básicas já chegam. Ela amava saia mas passou a febre, agora temos uma coleção imensa de saias, preciso achar uma menininha para dar.

Meta para este ano: só comprar quando as roupas ficarem pequenas!




  •   Evitar “passear” no shopping e Walmart
A pior coisa para quem quer apertar o cinto e não gastar é sair “só para passear”. Não mais! Dar voltinhas em shopping é tentação demais e estou evitando. É mais complicado para mim pois seguidamente tenho coisas para comprar para a escola, materais de arte que me fazem ir até a loja Michaels, de artesanato, ou comprar materiais de escritório e papelaria, enfim, então mesmo que na minha vida pessoal eu não precise e não queira ir ao shopping, o trabalho pede, então terei que fazer um trabalho psicológico de ir e NÃO entrar em lojas que eu não preciso entrar. 

Meta para este ano: Não usar o shopping como lugar de passeio.

  • Segurar a obsessão em comprar livros
Eu adoro ir a livraria e comprar uma pilha de livros. Fato. Mas com uma pilha tão interessante, sei que terei meses a fio para ler a minha pilha, daí o que acontece? Acabo demorando demais para ler cada livro.

Meu novo “plano” agora é: compro um livro, leio e só assim compro outro. Existe uma explicação ótima para isso: porquê eu compro apenas um livro de cada vez, eu fico ansiosa para ler rápido e comprar outro – hihihi – assim, leio mais! O meu passeio favorito de todos é ir a livraria tomar chocolate quente no Starbucks e ver as novidades, eu amo, e não vou parar, mas a tática de 1 livro por ves me faz ler mais rápido. Eu sou super ocupada, teoricamente nem teria tempo para ler, mas eu dou um jeito e sempre leio seja por 5 minutos entre uma tarefa e outra ou 30 ou 40 minutos antes de dormir.


**

Enfim, todo este plano para que sobre mais dinheiro no final do mês, mas para simplesmente me proporcionar uma vida mais simples, com menos complicação e bagagem demais. Eu sinceramente acho que menos é mais e esta coisa de comprar e ter para “parecer” não me agrada.Tenho conseguido usar esta meta direitinho em casa, minha casa está super organizada e “vazia”, com muito espaço para boas energias fluirem.E este novo lema de vida fará com que eu possa economizar mais do que eu já economizo e deposito na poupança, para que sobre mais para podermos viajar e fazer coisas boas.

10 Comments on Apertando o cinto em 2014

  1. Eliana
    13/01/2014 at 12:23 pm (3 years ago)

    Que post MARAVILHOSO de ler!! Obrigada Rita, por incentivar seus leitores a ser feliz com menos!!

    Beijo Grande

    Reply
    • rita
      13/01/2014 at 11:34 pm (3 years ago)

      Eliana querida.
      Obrigada.
      Viver com menos é viver MAIS.
      É um aprendizado e lembrete diario, pois o consumismo esta na nossa cara sempre, mas se pararmos e refletirmos eh so tentar ignorar.

      beijocas grandes
      Rita

      Reply
  2. Anonymous
    13/01/2014 at 9:02 pm (3 years ago)

    Adorei o post, Rita!
    Sobre o item "Comida", todo fim de semana eu faço uma lista com o menu da semana, penso até nos snacks. Daí a partir dessa lista vejo nas receitas exatamente o que precisarei para preparar os pratos.
    Então vou ao supermercado e compro APENAS o que está na minha lista. No início não funcionava, pois caia na tentação, por ex. precisarei de uma lata de milho verde, mas olha só está em promoção…" Mas hoje, depois de muito treinamento (rs), eu penso… pra que vou levar mais peso para o caixa, depois do caixa pro carrinho, carrinho pro carro, carro pra cozinha, se eu não vou usar isso essa semana. Conclusão, compro o necessário, raramente preciso jogar fora alimentos por que estragaram sem eu ter usado. E faço as compras em bem menos tempo sem carregar um monte de tralhas que nem usarei na semana. E acabo economizando.
    Bjs
    Mari

    Reply
    • rita
      13/01/2014 at 11:35 pm (3 years ago)

      Mariiiii

      Eu tento! Mas eh dificil. Mas eu estou focada este ano, chega de desperdicio. Quando bater a tentacao de botar as 20 latas de atum e as 10 de milho, lembrarei de ti..hahaha

      Beijinhos
      Rita

      Reply
  3. Karina Machado
    13/01/2014 at 10:27 pm (3 years ago)

    Minha amiga querida!
    AMEI!
    Vou fazer um post sobre minhas metas para esse ano e vou adicionar essa meta e seu post em meu blog!

    Love you,

    Ka

    Reply
    • rita
      13/01/2014 at 11:36 pm (3 years ago)

      Minha amiga querida

      Adiciona sim, e eu vou la "roubar" o teu questionario que amei, tambem quero fazer 1 por ano, achei a ideia fantastica para ver a diferenca.

      beijo, beijo
      Rita

      Reply
  4. Telma
    14/01/2014 at 6:50 am (3 years ago)

    Oi Rita, gostei muito do post e das dicas que deste sobre poupança. Eu também preciso poupar, comprar menos, mas tenho de me organizar melhor primeiro e aprender a doar roupas e brinquedos que já não se usam mais. Um óptimo dia para vocês. Beijinhos

    Reply
  5. Juliana Leal Valera
    14/01/2014 at 1:28 pm (3 years ago)

    Rita, adorei o post!
    Você já está meio caminho andado, viu… Conheço mulheres que são tão exageradas com tudo! Você em alguns aspectos já é super básica e isso ajuda.
    Não ligar para moda é ótimo! Quando preciso de roupas, me jogo nos outlets e nem ligo se é de coleção anterior, que seja básico e barato, se me serviu eu levo!
    Sabe que hoje eu consigo tranquilamente andar em um shopping e não comprar nada? Foi difícil chegar a esse nível de auto controle, mas eu consegui!
    Ainda assim eu gosto de ver vitrines, saber o preço das coisas, tenho até vontade de comprar, mas me seguro.
    Outro dia fiquei 2 horas no Ikea e não comprei NADA! Nem um porta velas de 1 dólar eu comprei! Me orgulho disso!
    Beijos

    Reply
  6. Mercia
    20/01/2014 at 12:20 am (3 years ago)

    Adorei, vou aproveitar a mudança e tb fazer o possível pra viver com menos! Um beijo minha BFF!

    Reply
  7. Pâmela
    21/01/2014 at 12:41 am (3 years ago)

    Eu tb entrei nesse pensamento!!!

    Ja mudei algumas coisas em casa e ja ando fazendo do jeito certo algumas, o negocio e seguir, acho mais dificil do que começar rsrs

    Por conta das minhas alergias eu nao tenho mais como consumir produtos de beleza como antigamente, coisa que amava, agora e o basico e o simples, pq a pele nao aguenta rsrrs

    Apoiada rsr

    Bjos

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *