Estas perguntas andam pipocando nos blogs americanos esta semana, então resolvi copiar a idéia e respondê-las.

Vamos lá:

Eu já blogo háanos, o Botõezinhos nasceu em abril de 2011 e antes disso eu já tinha o meu blog privado dedicado a familia.

  • Quando em dúvida…..
Há os que digam que quando em dúvida, não publique um post, mas eu discordo, em parte ao menos. A maioria dos meus melhores posts foram escritos comigo pensando 10 x ” Publico ou não publico? Melhor não. Vou deletar tudo. Melhor não. Se deletar tudo vou me arrepender. Quer saber? Publico e eu.”

Pronto.
Facinho.
Os melhores posts que você escrevera serão aqueles genuínos, em que você dá a sua opinião de verdade sem pensar muito. Eu diria que em caso de dúvida….publique. Tudo dentro do bom senso, é claro.
  • Certos posts não podem ser editados….feche os olhos e clique “publique” 
Existem dezenas de posts que escrevi e nunca mais os li e não tenho planos de lê-los por muito tempo. Principalmente os posts relacionados a prematuridade. Existem assuntos que você fala, desabafa, bota para fora tudo o que queria dizer e depois nunca mais quer reler aquele texto. Estranho isso, mas acontece muito comigo.
Diria que 95% dos meus textos de verdade, não posts sobre produtos, com fotos e afins, mas textos mesmo, não são re-editados, são publicados da maneira como os escrevi de uma vez só.

Fonte

  • Não se programe demais
Embora eu seja razoavelmente organizada na minha vida, o meu blog vai mais pelo feeling daquele dia, daquela semana. Eu nunca cheguei a criar um planejamento mais a fundo para o blog, em 2 anos nunca tentei e sei que se tentasse, falharia. Eu tento na medida do possível agendar alguns posts a frente da semana, para eu não me estressar depois, mas acontece muito de eu não gostar do que planejei para aquele dia e simplesmente mudar.
Portanto a minha dica é…..deixe a coisa fluir, deixe os assuntos chegarem sem pressão, não agende demais a não ser que você seja uma super duper blogueira mega organizada, o que não é o meu caso.
  • Blogue para você mesma
Este deveria ser o TOP da lista. Eu blog para mim. Desculpa ai, meninas, mas não é para vocês. Eu blogo sobre os assuntos que eu gosto, sobre os assuntos que me interessam naquele momento, sobre os livros que estou lendo, o que estou fazendo com a minha filha, os jantares que estou planejando para a semana….tudo para mim. Canso de ler blogs que mais parecem com revistas, meros editoriais onde é um tal de copia e cola que você nem sabe se aquilo é um blog mesmo ou um website com ideias copiadas da internet.
Se o seu blog não tiver a sua cara ninguem vai ler.
Uma vez li um post bem interessante do blog Pugly Pixel onde a blogueira diz que jamais faz pesquisas do tipo “O que você gostaria de ler aqui no blog”. Blog é um meio onde a opinião pessoal da blogueira vira conteúdo, se você começar a perguntar o que os outros querem ler, ele perde um pouco o seu propósito.
  • Assuntos polêmicos fazem você perder leitores….fato.
Interessante isso. Cada vez que falo sobre parto, comportamento, política ou afins, eu vejo que perco alguns amigos na Fanpage. Nao sei se é coincidência, mas já percebi. O meu objetivo com o blog não é criar uma comunidade enorme de leitoras, pois como disse, escrevo o blog para mim, mas como eu sei que o blog tem milhares de acessos diários no próprio blog e já tem quase 1.600 amigos no Facebook, eventualmente eu olho a movimentação no blog e percebo o aumento ou diminuição de acessos ou amigos dependendo do assunto.
Não se apegue a isso, faz parte. Nem todo mundo concordará com o que você fala, é impossivel agradar a todos.
  • Blog público? Não compartilhe demais.
Esta é uma das minhas maiores dificuldades com o blog. Eu AMO falar sobre a minha familia, minha filha, meu cachorro, meu marido e minha escola, mas eu sei que não cabe compartilhar demais nos dias de hoje. Por isso tenho um blog privado com um número de acessos restrito, somente para a familia e poucos amigos próximos. Reservo os detalhes da minha vida para eles, enquanto o Botõezinhos é mais um canal para escrever sobre o que eu gosto.
Eu me policio quanto a isso, pois a minha tendência natural seria dividir tudo por aqui, mas sei que nao é legal.

Fonte
  •  Não se culpe….se perdoe
Eu morro de culpa por não ter tempo de visitar diariamente os blogs das minhas amigas blogueiras, de não deixar recadinhos quando as visito….e pior, quando não tenho tempo (ou mate-me, esqueço) de responder aos comentários do meu blog.
Acho o FIM, uma indelicadeza.
Mas é a vida, e a minha vida é corrida, eu mal consigo escrever no meu blog, quiçá no das amigas.
Já me culpei, já me torturei, mas já dei um basta.
Não dá para fazermos absolutamente tudo o que queremos, algumas coisas ficam a desejar.
Infelizmente.
  • Não se pressione a escrever um blog perfeito.
Esta é cruel para uma blogueira perfeccionista como eu. Eu me propus a escrever blogs diários e salvo raras exceões, eu consigo, mas eu não consigo sentar e escrever do meu computador sempre, e é lá que o teclado com acento esta, ou seja, quando você lê posts sem acentos, você saberá que eu digitei do laptop. Eu amaria ter todos os meus posts devidamente acentuados, mas cadê que consigo?
Amaria bater aquelas fotos lindíssimas destes blogs cool onde as fotos mais parecem um filme sépia, sabem aquelas? Eu tenho a câmera certa e talento para isso….mas cadê o tempo de bater fotos artisticas durante o dia? Passar para o computador? Editar? As fotos que você ve aqui sao batidas com meu celular, fazer o quê? 
  • De valor as amigas que você fez através do blog
O meu blog me deu de presente amigas que tenho certeza que levarei comigo para sempre. Pessoas que embora eu não conheça pessoalmente (ainda) tem os mesmos gostos que eu, que criei uma afinidade que as vezes não rola com pessoas que voce conhece mesmo na vida real. Por mais que a internet não permita um maior contato humano, eu não acho que as amizades virtuais são menores que as reais, às vezes criam laços tão fortes quanto.
  • Acredite que você é um sucesso
A minha mãe me criou muito bem, pois eu não tenho problema nenhum de auto-estima. Eu me amo!
Brincadeiras a parte….mas é verdade!
O que é o sucesso? Cada um tem a sua medida. Eu me acho super bem sucedida na minha vidinha, sabem? E digo sem modéstia que me acho uma blogueira de sucesso e já já serei uma empresária de sucesso também, cada coisa a seu tempo, não se consegue mérito assim do nada, tem que trabalhar para isso. Para mim, quando olho para o meu blog, quando vejo que minhas amigas sempre voltam para ler as coisas que eu escrevo, isso é sucesso.
Sempre lembro quando o meu irmão pediu que eu criasse uma Fanpage no Facebook. Fiquei chocada com o pedido e até disse para ele:
“Pra quê? Terei apenas 15 pessoas curtindo a minha página, não quero criar nada não.”
Ele tanto insistiu que criei.
Sucesso para mim foi quando atingi as tais 15 curtidas.
Depois as 50 curtidas.
Depois as 100 curtidas.
Depois o que…..500 curtidas?
Como assim, 500 pessoas daonde?
As 1.000 curtidas.
As 1.500 curtidas……fico perplexa até hoje.
Sou um XUPER XUXEXO…..E na verdade não importa se eu tenho 15 ou 1.500 amigos, se eu escrevesse meu blog para mim mesma e tivesse apenas minha familia lendo os meus posts, isso já seria sucesso o suficiente.
Dê valor ao seu blog, ao que você escreve, a maneira como você se dedica a ele, regue a sua plantinha, o sucesso vem de dentro de você.
  • Não se compare a ninguém
Nao é porque blog A faz isso que você usará a mesma fórmula para o seu blog. Os blogs que eu leio, que eu sigo, são blogs totalmente diferentes uns dos outros. No estilo de escrever, na personalidade da blogueira e no design do blog. Existem alguns blogs por ai que são muito parecidos na sua fórmula, e eles perdem a graça rapidinho.
Crie o seu estilo e não fuja dele.
Bom, espero que as minhas pérolas ajudem aquelas pessoas que gostariam de criar um blog um dia. Eu já tive esta vontade e me inspirei em algumas blogueiras para criar o meu, agora é hora de VOCÊ criar o seu!

16 Comments on Lições de uma blogueira

  1. Ju Denzler
    02/07/2013 at 6:28 pm (4 years ago)

    Arrasou como sempre..
    E acho que você expõe sua família de forma moderada, a gente sabe que tem gente que posta como um diário..
    Minha irmã briga comigo quando posto fotos da minha filha, dizendo que ela pode não gostar quando crescer…
    Eu acho que não.. como toda boa filha, ela vai querer fazer as coisas como a mamãe e vai querer ter o próprio blog dela.. Assim espero.. Imagina ter que apagar todas as fotos dela criança anos luz depois??? TOmara que não. kkkk

    beiJUs
    http://feiffercereja.blogspot.com.br/

    Reply
  2. Mariana Leme
    03/07/2013 at 4:47 am (4 years ago)

    Ai Rita com certeza eu me sinto muito mais próxima de vcs, digo vc bella butters e.afins, do que vc imagina…eu até sonhei com sua viagem ao Caribe no dia que vc embarcou!!!Acredita???Já faz 1 ano e 2 meses que eu sigo o botoezinhos diariamente sem perder nenhum post, e agora sigo o pessoal que eu tbm adoro….Vc me inspirou sim em criar um blog, mais me vejo muitas vezes nas questoes acima…o meu problema é ficar lendo e relendo e pensando no que os outros vão achar…Mais de vez em quando sai algo, e eu me reapeito…o dia que eu quero escrever eu escrevo…E tbm tenho o problema de escrever pelo celular que nao fica tão.bom quanto eu gostaria.
    Sobre o negócio de não conhecer as amigas saiba que tenho.planos de conhecer o canada e vcs…quero um picnic naqueles parques lindos!!!beijaooo

    Reply
  3. Pri
    03/07/2013 at 7:00 am (4 years ago)

    Oi, Rita
    Que super post.
    Acho que tudo o que é feito com o coração, com sinceridade, tem sucesso.
    Adorei os tópicos e vou espalhar por aí! 😉

    Reply
  4. Anonymous
    03/07/2013 at 11:10 am (4 years ago)

    Sinceramente: considero o botoezinhos uma jóia rara no mundo virtual. Pessoal, sem exagros. Au têntico como a(s) dona(s). Informativo e feliz. Um abraço, Rita.

    Julia

    Reply
  5. Vivi TodoDia
    03/07/2013 at 11:31 am (4 years ago)

    Rita seu blog eh mesmo um xuxesso!!! Um dos poucos que nao importa o tamanho do post, mesmo na minha correria do dia a dia eu adoro vir aqui e ler. Mesmo os posts que sao relacionados a maternidade sao interessantes para mim (e eu ainda nao sou mae). Eu ja me culpei de todas as formas por nao conseguir mais retribuir todas as visitas, por passar dias sem postar, porem, eu me conscientizei que o meu prazer, hoje, eh brincar de editora, entao para que a revista saia e seja o sucesso que esta sendo eu preciso investir nela. Eu penso assim: as amigas sentirao a minha retribuicao por todo o carinho que me dao ao verem o cuidado que eu tenho com a revista, feita especialmente para elas. Agora inventei um portal, esta ficando lindo (ainda nao esta no ar), mal vejo a hora de publicar. Beijos =*

    Reply
  6. Marlene Casagrande
    04/07/2013 at 5:14 pm (4 years ago)

    Ai que vontade de ter um blog!!!!!!
    Que super post vc escreveu, perfeito, adorei!
    Desde que eu estava grávida (e minha filha acabou de completar 7 anos) eu queria ter um blog, a princípio seria "Um Lugar para Júlia", só para a família tbem, como se fosse um diário, mas passou… anos depois eu cheguei a fazer um esboço de outro "Escrevendo para Relaxar", mas pensei muito, muito… e não saiu da tela do meu PC! rsss
    Agora vc me despertou a vontade de novo… 🙂

    Reply
  7. Mãe da Loly
    04/07/2013 at 5:14 pm (4 years ago)

    Olá Rita, desde a primeira visita no seu blog não parei mais de visitar!!! Adoro!!!!
    Criei um blog há pouco tempo (mais ou menos o msm tempo que visito aqui) e foi mto bom ler td isso pra me inspirar!!!!
    Beijo grande

    Reply
  8. rita
    08/07/2013 at 4:36 am (4 years ago)

    Suzy!!!

    Obrigada, bom senso eh a palavra.
    Tentando sempre

    Beijinhos

    Reply
  9. rita
    08/07/2013 at 4:37 am (4 years ago)

    Mari querida

    O ler e reler eh que complicada, se a gente le 1 vez ja fica pensando se deve publicar ou nao, n

    beijinhos

    Reply
  10. rita
    08/07/2013 at 4:37 am (4 years ago)

    Pri…

    Pode espalhar por ai, que bom que gostou do post.

    Beijocas

    Reply
  11. rita
    08/07/2013 at 4:37 am (4 years ago)

    Julia querida,

    Obrigada sempre, te adoro!
    Rita

    Reply
  12. rita
    08/07/2013 at 4:38 am (4 years ago)

    Lari

    Tu seras uma mae maravilhosa quando a hora chegar

    Beijinhos, tb amo a sua revista e concordo em focar nela É)

    Rita

    Reply
  13. rita
    08/07/2013 at 4:39 am (4 years ago)

    Oi marlene

    Escreve o blog sim, tu nao vai te arrepender.

    E me manda o link para eu ler.

    Beijos

    Reply
  14. rita
    08/07/2013 at 4:39 am (4 years ago)

    Mae da Loly

    Obrigada pelo elogio, amei!

    Beijinhos

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *