Eu já tinha prometido a mim mesma que quando março chegasse eu voltaria para a minha vidinha de comidas saudáveis. Vejam bem, eu sempre fui magra, magrela traumatizada na minha adolescência, sempre com menos de 50 quilos, a típica magricela desesperada para ganhar uns quilinhos, mas era tão difícil que eu acabava desistindo. Os anos foram passando, casei e depois tive a mesma dificuldade para engordar quando engravidei. Em 6 meses de gravidez eu engordei 5-6 quilos, não tinha jeito de engordar mais. Uma semana depois de ganhar a Bella já tinha voltado ao meu peso normal.

Tenho 1.62 de altura e peso 53 quilos.
Eu diria que se eu comer o seguinte eu consigo manter os 53 quilos:
  • Cafe da manha as 6 horas
  • Lanche da manha as 10
  • Almoço ao meio dia (com sobremesa)
  • Lanche da tarde as 3
  • Janta as 7
  • Leite antes de dormir
Eu não me preocupo em perder peso, eu me preocupo em manter o peso, pois eu não fico bem magra demais, meu rosto é muito fino e fica muito esquisito. E mais do que tudo, eu me preocupo em cuidar da minha saúde, pois sempre penso que estamos sozinhos aqui no Canadá, se eu ficar doente quem cuidará de mim….e pior, quem cuidará da Bella?
Vocês podem pensar “Nossa que sortuda, pode comer todo tipo de besteira que nunca engordará, ótimo”
Sim, ótimo, mas ser magra não significa necessariamente ser saudável. Alguns anos atrás fui ao Brasil e fiz exame de sangue de rotina e meus triglicerídeos estavam altos. Não altíssimos, mas mais alto que o normal. Na época a minha empresa tinha donuts para os funcionários de manhã cedo, uma delícia, mas hello açúcar no sangue!
Portanto hoje a minha preocupação é comer “clean” como se diz por aqui. Não é fácil, pois eu sei que eu posso comer massa, biscoito, pão, chocolate e refrigerante sem engordar, então a melhor forma de evitar isso é uma dica infalível que eu tenho e sigo há anos:
NÃO COMPRE!
Se você não tiver em casa não vai comer.
Tão fácil.

Fonte
Se você não tiver besteira em casa não as comerá, simples assim.
Eu não costumo ter biscoitos em casa, só biscoitinhos orgânicos minusculinhos para a Bella. 
Chocolate às vezes compro os da Garoto pois afinal, chocolate brasileiro em solo canadense não dá para deixar passar né? Eu não sou fissurada em chocolate, eu posso ter uma caixa de bombons Garoto em casa por meses, não caio em tentação sempre não.
O meu problema é Coca-Cola, eu AMO! Não com tudo, mas com sanduíche, pizza, hamburguer e cachorro quente sim, né? A solução é não comprar e pronto. Quando temos alguma comidinha especial programada para a semana eu comprarei 2 latinhas, e se sairmos para almoçar ou jantar fora daí sim eu tomarei, não sou tão preto no branco assim, mas em casa seguidamente, não mais.
Agora que a vovó Wera foi embora e com ela suas comidinhas caseiras deliciosas que só uma mãe sabe fazer, voltaremos para as receitas “da casa da Rita e do Bryan”:
  • Saladona com carne ou frango grelhado
  • Salmão grelhado com batata assada (uma hora destas ensinarei a minha batata assada para vocês)
  • Burrito
  • Risotos
  • Arroz com ensopado
  • Sanduíche de atum ou sanduíche de salada de frango
Já fazem alguns meses que venho comprando revistas de culinária para começar a adicionar algumas receitas novas no nosso cardápio semanal. Assim agradarei o maridinho que gosta de umas comidas mais incrementadas e diferentes.

Hoje farei o planejamento do cardápio da semana e vamos ver se conseguirei seguir direitinho este meu plano semanal.

P.S – Eu sigo comendo coisas gostosas de vez em quando, mas no final de semana quando vamos comer fora, em casa eu nao compro, assim nao digo sim as tentacoes!

3 Comments on Saúde: Não as besteiras

  1. Ana Wiebe
    04/03/2013 at 7:50 am (5 years ago)

    Que legal! Aqui em casa comecei a fazer coisas saudaveis pra ver se mudamos nossos maus habitos. Gostei das dicas.

    Reply
  2. Bere
    04/03/2013 at 12:05 pm (5 years ago)

    gostei de ver!!!!!!!é isto mesmo…tudo que tu escreveu…..

    assisti uma palestra de uma médica especializada em "salugênese"…isto mesmo…de saúde (não de doença)…ela falou uma coisa interessante….que na vida (ela falava em alimentação)podemos usar sempre 2 números: 70 e 30

    ou seja 70% das vezes fazendo TUDO da melhor maneira saudável
    30% das vezes nem tudo tão correto….

    sabe que funciona????e assim não é nada rígido, nem sofrido….afinal ninguém é de ferro!!!!

    beijos
    Berê

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *