Há pessoas que nascem com talentos incríveis. E na maioria dos casos estas habilidades aparecem ainda enquanto crianças. Como fazer para descobrir se seu filho, irmão, afilhado tem algum dom? Confesso que não sei e isso não é o mais importante. O que realmente importa é incentivar a criança a fazer coisas boas. Apresente possibilidades. Se tiver que sobressair algum talento, acontecerá naturalmente. Se não acontecer, será uma atividade saudável que certamente ajudará no seu desenvolvimento.
Um instrumento musical, a prática de algum esporte e a arte da escrita e pintura são apenas alguns exemplos de atividades que fazem bem para a saúde física e mental, além de ajudar na coordenação, concentração, trabalho em equipe (quando for o caso), etc.
Existem tantas atividades prazerosas e benéficas para as crianças e cabe aos próximos abrir o leque de opções. Não acho que o jovem deva ter seu tempo todo preenchido com atividades, mas também discordo daqueles que passam as tardes dormindo e jogando videogame ao invés de aproveitar esta fase enquanto ainda podem.
Imaginem que desperdício seria se os pais do rapaz abaixo não tivessem largado um violão nas mãos dele?

7 Comments on Descobrindo talentos

  1. Vicente Correa
    09/02/2012 at 10:49 am (6 years ago)

    Muito interessante o tema. Concordo com a perda de tempo da gurizada com video game hoje em dia. Esses guris que mostraste por certo foram criados em familias que gostam de música. Aprenderam a gostar desde pequenos. Basta ver a prateleira com centenas de Cds. É isso aí.

    Reply
  2. Rejane Abreu
    09/02/2012 at 10:52 am (6 years ago)

    Adoro ouvir esse garotinho, até porque ele é fonte de inspiração para meu caçula. Meu filho pediu um violão há dois anos e, mesmo sem aulas, ele aprendeu sozinho e hoje já toca, também, guitarra. Fico toda boba. rs

    Bjo.

    Reply
  3. Wera Corrêa
    09/02/2012 at 11:14 am (6 years ago)

    Muito interessante este tema. Qualquer atividade prazerosa é benéfica para as crianças/jovens. Imagina tocar violão. Música faz bem prá alma e agrega amigos. bj

    Reply
  4. Rosângela Tolotti
    09/02/2012 at 9:22 pm (6 years ago)

    Muito oportuno o post do Dindo que realmente sabe tudo.
    A base é sem duvida o equilíbrio, nem só o dia cheio de atividades e muito menos cheio de videogame,ipad,iphone,smartphone e tudo mais que hoje temos à disposição das nossas crianças.
    E acima de tudo, saber ouvir os apelos das crianças quando seus talentos começam a gritar por guitarras, violinos, teclados,flautas, violões, harmônicas… e tantas outras possibilidades que como bem disse o Dindo da Bella, mesmo que não revele um grande talento, vai com certeza enriquecer o desenvolvimento.
    bj
    Rosângela

    Reply
  5. Bel Rech
    10/02/2012 at 3:19 am (6 years ago)

    Eu acho que os pais devem ser os grandes incentivadores mesmo..Nós somos exemplos, meu menino de 14 começou a tocar aos 7,8 no teclado do amigo…compramos um teclado,se interessou violão, compramos o violão…fez aulas para aprender as notas e agora faz tudo online…Começou a tocar na orquestra saxofone e em 2014 vai para o canadá se apresentar e tudo que é instrumento toca…Incentivo dos pais.Nossa filha tem 09 e entrou para o coral das meninas cantoras aqui da cidade, é um orgulho os dois.Já começou a dedilhar o violão e tocar algumas notas no teclado…Mainnnnnnn…foi um texto…Beijo
    Paz e bem
    Obs…Nossa Bella chega até sábado…beijo para a sua.

    Reply
  6. rita
    10/02/2012 at 4:04 am (6 years ago)

    Oi Rejane!
    Que amor o seu filhote, aprendendo sozinho e tudo. Aprender de ouvido, sozinho, não é para qualquer um não! Parabens para ele!
    Uma beijoca da Rita

    Reply
  7. rita
    10/02/2012 at 4:06 am (6 years ago)

    Oi Bel!
    NAO ACREDITOO que seu filho vem se apresentar no Canada!
    Se ele vier para Vancouver eu prometo que vou assisti-lo!!
    Que maximo! Voces devem estar orgulhosissimos!
    E sua menina cantando, outro maximo.
    Pode escrever texto bem grande que eu ADORO.
    Beijo da Rita

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *