Na infância temos heróis. O termo é forte, mas a verdade é esta, nossos ídolos são nossos heróis. Depois de adultos sabemos (ou devemos saber) que para ser um herói não basta estar na tv, cantar para grandes públicos ou fazer muitos gols. Herói é outra coisa.
Todavia a infância é um período lúdico e de muita magia, onde a criança não tem compromissos maiores senão brincar, se divertir e sonhar. Nessa esteira surgem os primeiros ídolos, geralmente impostos pela mídia de forma comercial. São ídolos, com status de heróis, que mexerão com nossas emoções na infância, provavelmente nos envergonharão na adolescência e certamente nos farão dar boas risadas na fase adulta.
Às vezes penso que não gostaria que meu filho gostasse dos Restart’s, Pokemon’s e Rebeldes’  que surgirão na sua geração, mas quer saber? Faz parte e se preciso ainda levarei no show bem feliz. Com o tempo o senso crítico vai florescer e ainda compartilharemos os mesmos ídolos.
Agora é hora de deixar a vergonha de lado e compartilhar os meus “heróis” da infância, mas não me deixem só, quais são os de vocês?

6 Comments on Nossos heróis

  1. Wera Corrêa
    12/01/2012 at 11:57 am (6 years ago)

    Gustavo estás coberto de razão. Tudo faz parte de uma fase da vida. Nada melhor do que ser criança, sonhar e ter seus ídolos…lembro quando cantávamos He-Man! hahah

    Reply
  2. Lisy Brinhosa
    12/01/2012 at 12:10 pm (6 years ago)

    o post me fez viajar nas lembranças da minha infância e rever quem eram meus "heróis"… q delícia…
    obg pelo lindo post…
    beijos…

    Reply
  3. Zizi
    12/01/2012 at 3:18 pm (6 years ago)

    Cada ídolo, em sua época. Há alguns imortais, mas eu só me lembro de Rin tin tin, e a Marca do zorro, tudo em preto e branco, kkk
    Depois me encantei com os ídolos dos filhos: Volverine, Homem Aranha, a Banda metálica, e por aí vai.
    Deixe a Bella curtir seus ídolos a vontade. hihihih
    bjo

    Reply
  4. Roberta Corrêa
    12/01/2012 at 4:40 pm (6 years ago)

    Eu concordo 100% Gustavo! Acho saudável as crianças escolherem seus ídolos, mesmo que impostos pela mídia e diferente dos nossos gostos. Também acredito que com o tempo existe espaço e cultura suficiente para que os mesmos ídolos sejam compartilhados! Minha prima de 11 anos adora esses cantores sertanejos, mas ao mesmo tempo curte muito ouvir Beatles com a mãe! Ou seja, existe espaço pra tudo!
    Eu também adorava os Changemans. Fui baixinha da Xuxa e amava a She-Ra e o He-Man! Mas meu maiores heróis da infância tinha uma idade parecida com a minha: Mônica, Magali, Cascão (o meu preferido!), Cebolinha e Chico Bento. Até hoje me emociono quando lembro de tudo que aprendi com a Turma da Mônica!

    Reply
  5. Juliana Tolotti
    12/01/2012 at 8:51 pm (6 years ago)

    É isso aí, vou tentar curtir e compartilhar os desenhos, as músicas, enfim, os heróis dos meus filhos (quando eles chegarem). Mesmo sendo algo que eu não considere de bom gosto, aí está o segredo: é o que os pais moestram para seus filhos que pode, de alguma forma, ilustrar ou até mesmo guiar o que poderá ser um bom gosto no futuro! Eu, por exemplo, gostava de Xuxa (e das músicas da Xuxa), amava She-Ra e He-man, tal qual a moça aí de cima, mas ao mesmo tempo, ouvia Beatles, Bob Marley, Chico Buarque, Caetano Veloso e Edith Piaf com meus pais. Aliás, essa era a trilha sonora da minha casa e da minha infância, além dos meus discos da Xuxa!

    Reply
  6. Bere
    13/01/2012 at 12:16 am (6 years ago)

    adorei o post do dindo….também viajei na minha infãncia…
    não vou falar dos nomes dos meus heróis já que não teria nenhum eco(eheheheheheheh)…este blog tem seguidores um pouquinho mais jovens….
    seriam heróis que ninguém conhece……eheheheheh..
    beijinhos

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *