Adoro a revista Crescer e de manhã cedo sempre dou uma olhadinha no Twitter da revista para ver as novidades do dia. Há alguns meses o colunista Ilan Brenman trouxe à tona um assunto que eu já tinha reparado na última vez que fui ao Brasil, o preço alto dos livros infantis.  Fomos para o Brasil em janeiro deste ano e eu estava anciosa para ir à livraria com a Bella para abastecer a sua biblioteca com livrinhos infantis brasileiros: Monteiro Lobato, Ziraldo, Ana Maria Machado, entre outros. Chegando na livraria tive o desprazer de ver que um livrinho de 5 páginas custava mais de 30 reais! Fiquei tão triste, queria muito ter comprado uns quantos livrinhos para Bella, mas fiquei irritada com o valor dos mesmos. Aqui no Canadá, onde a leitura é muito incentivada, um livrinho infantil custa entre 5 e 10 dólares, sendo que se você comprar online, terá descontos tão grandes que poderá achar livrinhos por 2 dólares. Por quê no Brasil, país onde deveria-se estimular a leitura desde cedo, os livros custam tão caro?

Concordo com Ilan quando ele diz que colocando-se em perspectiva, compra-se um tênis ou um “brinquedo educativo” por R$ 150 para um filho, mas acha-se R$ 30 caro por um livro. Sim, não faz sentido! Há que se ter prioridades, e se a sua é estimular a leitura, por que não comprar 2 livros ao invés daquela Barbie podre de cara  que sabemos que será somente mais uma na coleção da sua filha?

Se eu morasse no Brasil e estivesse grávida, bolaria um plano para começar a biblioteca do meu filho sem quebrar o banco: a cada mês da gravidez, compraria um livrinho de história para meu bebê. Nâo aqueles livrinhos “bobos” de bebe, pois bebês com menos de 1 ano precisam apenas de 2 ou 3 livrinhos, já que não prestam atenção na história, apenas observam sua textura e cores. Então capriche nos clássicos, aqueles livrinhos legais que crianças de 2-3-4 aninhos gostam de ler.

Outra idéia super interessante que vi em algum lugar tempos atrás, é fazer um chá de bebê onde a lista de presentes é composta apenas de livrinhos. Estipula-se no convite que cada convidado poderia trazer o seu livrinho favorito (sem dedicatória) com a notinha de presente, assim caso os convidados tenham gostos semelhantes, a mamãe podera troca-los. Uma ótima maneira de iniciar a biblioteca do seu filho desde pequeno.

Outra idéia é sugerir nos convites de aniversário do seu filho, que um livrinho é sempre bem vindo. Eu sou da teoria que crianças enjoam rápido demais de brinquedos, mas livrinhos são sempre novidade. Bella tem uma coleção bem grande de livrinhos que compramos e que ganhamos de presente e ela ama a sua coleção. Separo para deixar ao seu alcance apenas os títulos apropriados para sua idade, ou seja, que tenham capa durinha para ela não destrui-los, e ela já tem seus favoritos.

O amor à leitura não vêm no DNA da gente, muito menos de “berço”, como costumamos dizer, e sim do interesse dos pais em fazer com que seus filhos tenham gosto pela leitura. Nunca esquço de uma reportagem da Globo anos atrás que mostrava um pai analfabeto, muito humilde, no Nordeste do Brasil, incentivando seu filho a ler. Aquele pai que sequer sabia o alfabeto, tinha noção da importância da leitura para seu filho, portanto embora não tenha vindo de berço, o amor à leitura veio daquele pai disposto a ajudar seu filho.

Toda minha família é comporta de leitores vorazes, lemos de tudo e lemos rápido, e passear numa livraria e sair com uma sacolinha na mão é um dos meus maiores prazeres. Estamos incentivando a Bella desde que ela era pequenininha e hoje ela adora “ler” e ir a biblioteca. Tenho um post muito especial sobre a relação da Bella com a biblioteca agendado para semana que vem. Tenho certeza que vocês vão adorar e poderão usar a nossa experiência e moldá-la para a vida de vocês no Brasil e em outros países. As bibliotecas do Canadá são demais e possuem uma série de atividades para crianças pequenas, tudo voltado ao trabalho constante de plantar a sementinha da leitura na vida das crianças.

Aguardem e boa leitura para os pequenininhos de vocês.

4 Comments on Livros infantis: caros ou não?

  1. Telma Maciel
    20/10/2011 at 4:28 pm (6 years ago)

    Rita, nós combinamos? Hoje tbm postei sobre leitura e os livrinhos da Sofia! rs
    Eu tbm AMO ler! E Sofia já mostra esse gosto tbm. Ela, por exemplo, adora que eu leia um livro pra ela antes de dormir e ainda assim lê outro depois que saio do quarto!
    Fico triste com o preço dos livros tbm… a Cultura, no Brasil, não é incentivada. Falo isso por causa dos livros, filmes, teatros, etc! Fora de 'temporada' (festivais), é difícil fazer esse tipo de coisa!
    Eu não tenho condições de comprar mtos livros pra Sofia, infelizmente… mas sabia que gostei da sua ideia da festinha de aniversário? Sofia faz 7 anos mês que vem… pensei numa festinha-livraria, vou ver se ela gosta da ideia!
    Bjks

    Reply
  2. Isabela
    20/10/2011 at 6:43 pm (6 years ago)

    Rita,
    Nós doamos umas 3 toneladas de livros do meu pai quando ele faleceu (infelizmente não tínhamos como nem aonde guardar). Sempre lemos muito, o Caio também…
    Quando eu estava grávida Caio comprou 2 livrinhos e eu contava historinhas para a Nina, sim com meia dúzia de páginas…e hoje ela adora os 2.
    Sempre passamos na livraria, hoje mesmo passei em uma.
    Fiquei feliz que no niver da Nina, uma tia do Caio deu uns 3 livrinhos para ela…e ela adora.
    Do Gaspar e Lisa que eu te falei da outra vez, ela adora. Eu conto a história bem resumida enquanto ela muda as páginas…
    Mas realmente, aqui é super caro.
    Infelizmente aqui no Brasil não dão incentivo nenhum para isso.

    beijos

    Reply
  3. Lola
    20/10/2011 at 11:48 pm (6 years ago)

    Eu compro livros em sebo é uma saida já que aqui no Brasil não temos bibliotecas decentes e os livros são caríssimos com encadernações sofríveis.
    Pago R$ 5,00 por um livro do Ziraldo da Lygia Bojunga etc…

    Reply
  4. Flavia M Malacarne
    22/10/2011 at 5:10 pm (6 years ago)

    Acho importantissimo esse estimulo desde cedo…pretendo fazer o mesmo com meus filhos quando vierem…Ja vou usar seu exemplo! Coisa mais fofa a Bella indo a Biblioteca…vou procurar saber se por aqui tem algo assim.
    beijinho
    Flavia.

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *